23º Festival de Dança do Recife divulga programação de espetáculos, oficinas (gratuitas) e debates
  • ZHU, Cia Mário Nascimento | FOTO: Divulgação
    img
  •        
  • Entre Passos e Sombrinhas, Studio Viégas | FOTO: Divulgação
    img
  •        
  • Respeita Januária | FOTO: Rogério Alves
    img
  •        
  • Dança de Brinquedo, Cia Mário Nascimento | FOTO: Divulgação
    img
  •        
  • ZHU, Cia Mário Nascimento | FOTO: Divulgação
    img
  •        
  • Entre Passos e Sombrinhas, Studio Viégas | FOTO: Divulgação
    img
  •        
  • Respeita Januária | FOTO: Rogério Alves
    img
  •        
  • Dança de Brinquedo, Cia Mário Nascimento | FOTO: Divulgação
    img
  •        
  • Banquete de Amor e Falta, Grupo Acupe | FOTO: Rogério Alves
    img
  •        
  • Zigoto | FOTO: Clarissa Lambert
    img
  •        
  • Ginga B. Boys e B. Girls | FOTO: Divulgação
    img
  •        
  • Ensaio de O lago dos Cisnes, da Fátima Freitas | FOTO: Lu Morais
    img
  •        

O evento, que acontece de 12 a 21 de outubro, vai apresentar 17 montagens de grupos locais, nacionais e internacionais 

Para celebrar a dança em todos os seus movimentos, do clássico ao contemporâneo, do popular ao universal, a Prefeitura do Recife, por meio da Secretaria de Cultura e da Fundação de Cultura Cidade do Recife, realiza, entre os próximos dias 12 e 21 de outubro, o 23º Festival de Dança do Recife. O evento contará com 17 espetáculos locais, nacionais e até internacionais, muitos inéditos na cidade, além de mostras de dança, debates e oficinas gratuitas.

A Debris Company e o Grupo Folclórico Stavbar, da Eslováquia, são destaques internacionais da programação deste ano, assim como os bailarinos austríacos Markus Jastraunig e Carla Weissmann. Entre as atrações nacionais, três são inéditas na cidade. O festival traz ainda, pela primeira vez ao Recife, os célebres bailarinos clássicos Isabella Rodrigues e Jackson Liee, de São Paulo, que dançarão juntos variações do coreógrafo Marius Petipa. Também fará sua estreia na capital pernambucana o Núcleo Pedro Costa, que apresentará o espetáculo Pipando – Onde Dormem os Pássaros.

Outras atrações nacionais são: a Cia Mário Nascimento, de Belo Horizonte, que abre o festival com o espetáculo Dança de Brinquedo, depois apresenta o ZHU; a Aérea de Dança, do Rio de Janeiro, que apresentará seu Nexo; Grupo Casa 4, da Bahia, que apresentará o espetáculo Salão; além do bailarino Henrique Lima, que dançará o solo Brutos que Amam.

Entre os espetáculos de Pernambuco, mais novidades, como inéditos Magna, da Cia Mestiça, e Respeita Januária, trabalho autoral e solo de Januária. Irão se apresentar também nos palcos do Festival a Cia dos Homens (Em Comum); Studio Viegas (Entre Passos e Sombrinhas); Acupe Grupo de Dança (Banquete de Amor e Falta); Grupo Totem (Retomada); Cais. Cia de Dança (O Diário das Frutas); além do solo Z.I.G.O.T.O, de Patrícia Pina Cruz.

Além de contemplar todos os estilos, a programação também é diversificada na geografia, espalhando-se por todas as partes da cidade. Os espetáculos serão apresentados nos teatros de Santa Isabel, Barreto Júnior, Luiz Mendonça, Apolo e Hermilo Borba Filho, onde serão cobrados ingressos a preços populares, no valor de R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia entrada). Haverá ainda apresentações abertas ao público, no Compaz Eduardo Campos, do Alto de Santa Terezinha, e na Escola Ana Rita Lessa, no Jordão.

MOSTRA DE COREOGRAFIAS

Outro destaque do Festival de Dança do Recife é a realização de sua “mostra de coreografias”, reunindo no importantes grupos e escolas de dança da cidade e de fora dela. Neste ano, participam o Ária Social, CaroLemos Dançarte, Gesttus, Academia Fátima Freitas, Studio de Danças, Bacnaré, Balé Popular do Recife, Ballet Simone Monteiro, Ballet Claudia São Bento, Academia Ângela Botelho, Cia Pernambucana de Sapateado, Núcleo Venícius Passos, entre outros.

OFICINAS E DEBATES

Ainda na programação, discussões e oficinas, para que conhecimentos e vivências de dança se multipliquem e desdobrem numa coreografia de muitos corpos. Serão 10 oficinas, para iniciantes e iniciados, sobre jazz, dança de salão, sapateado, dança contemporânea, dança clássica, dança do ventre, hip hop e dança folclórica. Acontecem de 15 a 19 de agosto, em várias partes da cidade, com inscrições gratuitas, através do e-mail servicosdedancafccr@gmail.com. Informações: (81) 3355.3137.

BATALHA DE HIP HOP

Como já publicamos aqui, no fim de semana que encerra o Festival, no sábado 20 e no domingo 21, o Compaz Eduardo Campos recebe uma batalha de hip hop, das 14h às 21h e das 10h às 21h, respectivamente. Ao todo, 32 equipes participarão das disputas, que contarão também com apresentações dos DJs Stanley e Nildo Rufino e dos MCs FabGirl e Dom Pablo. O Ginga B´Boys e B´Girls 2018 é uma realização da Associação Metropolitana de Hip Hop em Pernambuco.

Abaixo, confira a programação completa!

ESPETÁCULOS

DIA 12/10 (SEXTA-FEIRA)
Teatro de Santa Isabel – Solenidade de Abertura, com o Espetáculo Dança de Brinquedo, da Cia Mário Nascimento (BH), às 20h

DIA 13/10 (SÁBADO)
Teatro de Santa Isabel – Mostra de Coreografias: Markus Jastraunig e Carla Weissmann (Viena-Áustria); Ballet Simone Monteiro (PE); Núcleo Venícius Passos (PE); Wagner Brasil e Bianca Tude (PE); Isabela Rodrigues e Jackson Liee (SP); Academia Fátima Freitas (PE); Ária Social (PE); Bacnaré (PE); Escola de Frevo (PE); CaroLemos Dançarte (PE); Simone Mahayla (PE); e Cia Veridiana Melo de Danças Árabes (PE), às 19h
Teatro Barreto Júnior – Espetáculo Salão, do Grupo CASA 4 (BA), às 21h15
Teatro Luiz Mendonça – Espetáculo ZHU, de Mario Nascimento (BH), às 19hs

DIA 14/10 (DOMINGO)
Teatro de Santa Isabel – Mostra de Coreografias: Giselly Andrade e Rogério Alves (PE); Ária Social (PE); Isabella Rodrigues e Jackson Liee (SP); CaroLemos Dançarte (PE); Núcleo Venícius Passos (PE); Escola de Frevo (PE); Academia Fátima Freitas (PE); Balé Popular do Recife (PE); Gesttus Grupo de Dança (PE); e Simone Monteiro (PE), às 19h
Teatro Apolo – Espetáculo Meia Noite – Orum Santana (PE), às 20h15
Teatro Hermilo Borba Filho – Espetáculo Z.I.G.O.T.O – Solo Autoral de Patrícia Pina Cruz (PE), às 21h
Teatro Luiz Mendonça – Espetáculo WOW, da Debris Company (Eslováquia), às 18h

DIA 16/10 (TERÇA-FEIRA)
Teatro Barreto Júnior – VIII Mostra da Cia Simone Mahayla de Danças e Folclore Árabe, às 19h

DIA 17/10 (QUARTA-FEIRA)
Teatro Barreto Júnior – Quartas da Dança: Espetáculo Magna, da Cia Mestiça (PE), às 20h

DIA 18/10 (QUINTA-FEIRA)
Teatro de Santa Isabel – Espetáculo Magna, da Cia Mestiça (PE), às 19h
Teatro Apolo – Espetáculo Brutos que Respiram, Solo de Henrique Lima (SP), às 21h15
Teatro Hermilo Borba Filho – Espetáculo Pipando – Onde dormem os Pássaros, do Núcleo Pedro Costa (SP), às 20h
Escola Ana Rita Lessa (Jordão) – Mostra de Coreografia: Simone Mahayla (PE), Venícius Passos (PE); Escola de Frevo (PE); Giselly Andrade e Rogério Alves (PE), às 17h

DIA 19/10 (SEXTA-FEIRA)
Teatro de Santa Isabel – Espetáculo (…) Nexo, da Cia Área de Dança (RJ), às 19h
Teatro Apolo – Espetáculo Entre Passos e Sombrinhas, do Studio Viegas (PE), às 20h
Teatro Hermilo Borba Filho – Espetáculo Banquete de Amor e Falta, do Acupe Grupo de Dança (PE), às 21h
Compaz Eduardo Campos, no Alto de Santa Terezinha – Espetáculo Valdeck Farias 35 anos (PE), às 20h, e Bailinho com DJ BIG, às 21h

DIA 20/10 (SÁBADO)
Teatro de Santa Isabel – Mostra de Coreografias: Ballet Simome Monteiro (PE); Studio Viegas (PE); Ballet Gonzales (PE); Gesttus Grupo de Dança (PE); Ballet Claudia São Bento (PE); Gesttus Grupo de Dança (PE); Stavbar (Eslováquia); Studio de Danças (PE); Bacnaré (PE); Babi Johari (PE); Pantomina (PE); Revue Musical, apresentação de conclusão da oficina ministrada por Markus Jastraunig e Carla Weissmann (Viena-Áustria), com participação dos alunos da oficina, às 19h
Teatro Hermilo Borba Filho – Espetáculo Respeita Januária (PE), às 21h15
Teatro Barreto Júnior – Mostra de Coreografias: Grupo Pulsante (PE); Academia Angela Botelho (PE); Venícius Passos (PE); Cia Trupe Toe de Sapateado Marina Cora (SC); Bianca Moreno Sapateado (PE); Cia Pernambucana de Sapateado (Luciano Oliveira); Studio Sinara Cataline (Caruaru), às 18h
Teatro Luiz Mendonça – Festival de Dança Brasílica, às 16h, e Espetáculo Despertar Celebração – O Canto do Guerreiro Tuxau, do Balé Popular do Recife (PE), às 18h
Compaz Eduardo Campos, no Alto de Santa Terezinha – Batalha de Hip Hop, das 14h às 21h, com apresentação do Brasil Style Bgirl (DF)

DIA 21/10 (DOMINGO)
Teatro de Santa Isabel – Espetáculo Em Comum, da Cia dos Homens (PE), às 20h
Teatro Apolo – Espetáculo Ensamble, do Grupo Folclórico Stavbar (Eslováquia), às 18h
Teatro Hermilo Borba Filho – Espetáculo Retomada, do Grupo Totem (PE), às 19h
Teatro Luiz Mendonça – Espetáculo O Diário das Frutas, da Cais. Cia de Dança (PE), às 19h
Compaz Eduardo Campos, no Alto de Santa Terezinha – Batalha de Hip Hop, das 10h às 21h, com apresentação do Brasil Style Bgirl (DF)

PALESTRAS E DEBATES

No Paço do Frevo
Acesso gratuito

DIA 16/10 (DOMINGO)
Debate Mulher Bailarina – Sobre questões de gênero, rotina e maternidade na dança, com Chris Galdino. Com exibição de vídeo e participação de André Madureira, fundador e diretor do Balé Popular do Recife, Patrimônio Vivo de Pernambuco. Das 10h às 12h

DIA 17/10 (SEGUNDA-FEIRA)
Palestra Início do Feminismo Negro – Com Patrícia Pina Cruz, sobre feminismo negro, feminismo negro no Brasil, descolonização do corpo e politização no fazer do corpo. Das 14h às 16h

DIA 18/10 (TERÇA-FEIRA)
Talkshow – Com Fabiana Balduíno, sobre planejamento estratégico, práticas de autogestão, uso das tecnologias para divulgação e gestão, cadeia produtiva e economia criativa em dança, empreendimentos criativos em dança. Das 14h às 16h
Workshop de Hip Hop – Com Fabiana Balduíno, do Brasil Style BGirls (BSBGIRLS), de Brasília. Das 16h às 18h

OFICINAS

De 15 a 19 de agosto
Inscrições gratuitas pelo e-mail: servicosdedancafccr@gmail.com
Informações: (81) 3355.3137

Dança Clássica – Ministrada pela paulista Isabella Rodrigues, é indicada para bailarinos de nível intermediário. De 15 a 17 de outubro, das 9h30 às 11h, no Teatro Hermilo. 30 vagas
Dança Contemporânea – Também para bailarinos de nível intermediário, será ministrada por Henrique Lima, de 15 a 17 de outubro, das 11h às 13h, no Teatro Hermilo Borba Filho. 30 vagas
Dança de Salão I – De 16 a 18 de outubro, ministrada pelos bailarinos cariocas João Ramos e Priscila. Às 13h, no Teatro Apolo. 30 vagas
Dança de Salão II – Para iniciantes, será ministrada no Compaz Eduardo Campos, no Alto de Santa Terezinha, de 16 a 19 de outubro, das 16h às 18h, pelo professor Valdeck Faria. 30 vagas
Dança de Salão III – Para iniciantes, será ministrada no Compaz Ariano Suassuna, no Cordeiro, de 16 a 19 de outubro, das 7h às 9h, pelo professor Wagner Brasil. 30 vagas
Sapateado – De Santa Catarina, a bailarina Marina Coura ministra oficina destinada a iniciados, de 16 a 18 de outubro, às 11h, no Teatro Apolo. 30 vagas
Jazz Musical – Ministrada de 15 a 19 de outubro, pela bailarina austríaca Carla Weissmann, das 11h às 13h, no Teatro Luiz Mendonça. Para participar, os alunos precisam ter roupas de dança preta, sapatos de jazz ou profissionais (salto alto, para mulheres). 30 vagas
Técnica Vocal – Também austríaco, o bailarino Marcus Justraining dá aula no mesmo período, de 15 a 19 de outubro, das 14h às 16h, no Teatro Luiz Mendonça, de canto coral e solo, técnica de canto e respiração, treinamento auditivo, ritmo e som vocal. Os alunos apresentarão um espetáculo ao final da oficina. 30 vagas
Dança do Ventre – Ministrada pela bailarina de dança do ventre Simone Mahayla, a oficina será ministrada para iniciantes, na Escola Ana Rita Lessa, de 15 a 17 de outubro, das 14h às 16h. 30 vagas
Hip Hop – Ministrada por Fabiana Balduíno, do Distrito Federal, será realizada no dia 18, das 16h às 18h, no Paço do Frevo, na sala do Balé Popular do Recife. 30 vagas
Dança Folclórica – Os bailarinos do Grupo Stavbar darão oficina nos dias 18 e 19, das 13h às 15h, no Paço Alfândega, na sala do Balé Popular do Recife. 30 vagas




Postado por


COMPARTILHE:

Sobre o autor
Maíra Passos

POSTS RELACIONADOS:

  • Literatura de cordel é tema de espetáculo da Criart Cia de Dança
    Literatura de cordel é tema de espetáculo da Criart Cia de Dança
  • Espetáculo Uma lua para lembrar, do Endança, volta ao período de 1939 a 1946
    Espetáculo Uma lua para lembrar, do Endança, volta ao período de 1939 a 1946
  • Espetáculo A Bela e a Fera será apresentado pelo Studio de Dança Paula Rocha
    Espetáculo A Bela e a Fera será apresentado pelo Studio de Dança Paula Rocha

Deixe um comentário

Mensagem