23º Janeiro Grandes Espetáculos com viés político na sua programação
  • Dúvido | FOTO: Fernando Azevedo
    img
  •        
  • Grito | FOTO: Rafael Bandeira
    img
  •        
  • Nordeste, a Dança do Brasil | FOTO: Style Brasil
    img
  •        
  • Os superficiais | FOTO: Drailton Gomes
    img
  •        
  • Tijolos de Esquecimento | FOTO: Rogério Alves
    img
  •        
  • Tijolos de Esquecimento | FOTO: Rogério Alves
    img
  •        
  • Grito | FOTO: Rafael Bandeira
    img
  •        
  • Nordeste, a Dança do Brasil | FOTO: Style Brasil
    img
  •        
  • Os superficiais | FOTO: Drailton Gomes
    img
  •        
  • Dúvido | FOTO: Fernando Azevedo
    img
  •        
  • Segunda pele | FOTO: Renata Pires
    img
  •        
  • Enchente | FOTO: Danilo Galvão
    img
  •        

O festival multicultural acontece de 12 a 29/01 no Recife e Caruaru

A 23ª edição do Janeiro de Grandes Espetáculos, Festival Internacional de Artes Cênicas de Pernambuco, acontece de 12 a 29 de janeiro de 2017, no Recife e Caruaru. Nesta edição, um certo viés político permeia grande parte da programação, contando com produções que trazem temas que estão em pauta na atualidade. A realização é da Associação dos Produtores de Artes Cênicas de Pernambuco (Apacepe), através dos produtores Carla Valença, Paula de Renor e Paulo de Castro.

Ao todo, são 58 produções diferentes, entre 10 apresentações de dança, além de teatro adulto, teatro para a infância, circo, shows musicais e duas leituras dramatizadas. Há ainda o lançamento de um acervo online do Balé Popular do Recife e um vídeo documentário, uma exposição de quadros do artista Cleusson Vieira, três oficinas e um workshop, isto sem contar a programação paralela que reúne mais dez espetáculos ou performances diferentes.

O festival ocupará 14 teatros e espaços culturais diferentes entre Recife e Caruaru. Os ingressos, a preços variados, podem ser adquiridos antecipadamente pelo site Compre Ingressos ou na Central de Vendas, que funcionará no Teatro de Santa Isabel das 9 às 16h, diariamente, dias antes do evento.

O ator, produtor teatral e mamulengueiro Sebastião Alves, o Sebá, natural de Sertânia mas cidadão de Caruaru, é o grande homenageado desta edição e ele estará atuando na peça de estreia do festival, a tragicomédia “Olha Pro Céu, Meu Amor”, do saudoso dramaturgo e diretor Vital Santos, com o Grupo Feira de Teatro Popular, que vem especialmente da capital do Agreste.

Na categoria dança, o evento conseguiu reunir “Dúvido”, da Companhia Sopro-de-Zéfiro, do município do Jaboatão dos Guararapes, abordando o que nos espera após o fim (se há um fim); “Enchente”, provocação de Flávia Pinheiro sobre catástrofes migratórias tendo como mote um conto do escritor Hermilo Borba Filho; e a Cia. Etc. tirando sarro com “Os Superficiais” e este mundo de cópias na mídia.

Haverá ainda a participação do Balé Popular do Recife com o clássico “Nordeste, a Dança do Brasil” em noite de celabração dos seus 40 anos, com lançamento do acervo online e um vídeo documentário pelas pesquisadoras Christianne Galdino e Carla Navarro. Também ressaltando a dança popular, o Bacnaré (Balé de Cultura Negra do Recife) vai celebrar seus 31 anos de resistência na dança afro. “Segunda Pele”, do Coletivo Lugar Comum, discutido padrões vigentes em nossa sociedade, e “Tijolos de Esquecimento”, com o Acupe Grupo de Dança mergulhando nas personagens deste universo urbano e solitário, completam a programação de dança.

Na sua 23ª edição, o festival conta com uma reeducação orçamentária significativa, mas ainda foi possível sua realização devido ao incentivo do Governo do Estado de Pernambuco, através do Funcultura, co-patrocínio da Prefeitura do Recife e apoio do SESC Pernambuco. Maiores informações pelo telefone (81) e no site do festival.

+ Confira a programação completa de dança! >> http://www.napontadope.com/events/event/23o-janeiro-de-grandes-espetaculos/




Postado por


COMPARTILHE:

Sobre o autor
Maíra Passos

POSTS RELACIONADOS:

  • 50º espetáculo do Ballet Lúcia Helena D’Angelo
    50º espetáculo do Ballet Lúcia Helena D’Angelo
  • Studio de Danças apresenta o espetáculo Inspiração
    Studio de Danças apresenta o espetáculo Inspiração
  • Musical sobre Shrek ganha versão recifense
    Musical sobre Shrek ganha versão recifense

Deixe um comentário

Mensagem