Festival Cena Cumplicidades chega a sexta edição
  • MoralImoralAmoral | FOTO: Nicolís Colledani
    img
  •        
  • Encanta meu jardim | Divulgação
    img
  •        
  • Nije | Divulgação
    img
  •        
  • Dançar dói | Divulgação
    img
  •        
  • Accidends | Divulgação
    img
  •        
  • MoralImoralAmoral | FOTO: Nicolís Colledani
    img
  •        
  • Encanta meu jardim | Divulgação
    img
  •        
  • Nije | Divulgação
    img
  •        
  • Dançar dói | Divulgação
    img
  •        
  • Accidends | Divulgação
    img
  •        

No Recife e Olinda, as apresentações acontecem de 27 de outubro a 06 de novembro

Com a proposta de priorizar os espetáculos de dança e ter o intercâmbio entre cidades iberoamericanas, o festival Cena CumpliCidades chega a sua sexta edição. Será de 27 de outubro a 06 de novembro, no Recife e Olinda, contanto com apresentações gratuitas em espaços públicos e ingressos a preços populares (R$ 10 inteira e R$ 5 meia entrada) nos teatros Apolo e Hermilo Borba Filho, a preços populares. Além das cidades pernambucanas, o evento passará por João Pessoa, Natal e Buenos Aires.

Na programação, mais de 20 trabalhos com artistas do Brasil, Uruguai, Peru, Argentina, Espanha, além de trazer também espetáculos da Suíça, França e Canadá. Além de dança, o evento conta com apresentações musicais, com destaque para o Palco Petrobras montado no Alto da Sé de Olinda, no sábado (29/10), com show da banda Los Mambo Jambo, sucesso em Barcelona.

Já a abertura fica por conta de uma residência artística de criação de Federica Folco (Uruguai), a Fua, que vai apresentar resultado no festival. A programação de espetáculos começa na quinta (27/10), com uma montagem inédita da bailarina pernambucana Flávia Pinheiro (20h), Como Manter-se Vivo?, no Teatro Hermilo Borba Filho. Outra atração brasileira aguardada vem do Tocantins e mostra que a dança contemporânea está crescendo na região: Adorno da realidade, da Cia Lamira Artes Cênicas, na sexta (28/10), às 19h, no Teatro Apolo.

Na segunda (31), começam as oficinas, um dos pontos fortes do festival. “Pesquisa Corporal” com Rosa Primo, de Fortaleza, abre a programação. Neste mesmo dia, acontece uma importante aula sobre dança, trazida pelo bailarino francês Fabrice Ramalingom, às 19h30, na Aliança Francesa.

No Recife, a programação continua nos teatro Apolo e Hermilo, em uma grade rica de espetáculos iberoamericanos, com destaque para Nije (Uruguai), Turbio (Argentina), MoralAmoralInmoral (Argentina), De cómo estar con otros (Argentina), Moeraki (Argentina). Fechando a programação, no domingo 06/11, um espetáculo do Peru, Caminos, chama atenção na programação. A companhia peruana Puckllay chega no Recife, inclusive, no início do festival e faz uma imersão com o grupo local Pé no Chão.

Em Olinda, o Cena CumpliCidades inicia com atividades na comunidade quilombola de Xambá, que acaba de inaugurar seu primeiro centro de cultura. A bailarina local Flávia Pinheiro, junto com o argentino Leandro Oliván, promovem a oficina Contato Sonoro, com intervenções artísticas unindo dança e som.

A grande celebração do Cena acontece no sábado, dia 29, no Alto da Sé, A programação abre às 15h30 com One one one (Suíça), onde bailarinos assumem o espaço do público para um experimento de dança. Às 17h30, a cantora recifense Aninha Martins com o show “Esquartejada” e repertório de músicas próprias. Às 18h30, um espetáculo clownesco de dança de Natal (RN), Caricat’s.

O evento é apresentado pela Petrobrase conta com apoio cultural do IBERESCENA e FUNARTE, e cooperações com a Embaixada da Espanha e AIE, FranceDanse Brasil 2016 (que faz sete apresentações no Cena), além de importantes parcerias locais (Prodanza, Paco Urondo, CCBA, Cia Paralelo, Palco Giradança, UFRN, UFPB. Clique aqui para conferir a programação completa.




Postado por


COMPARTILHE:

Sobre o autor
Maíra Passos

POSTS RELACIONADOS:

  • Uma homenagem aos famosos musicais
    Uma homenagem aos famosos musicais
  • Espetáculo faz interação entre dança e tecnologia
    Espetáculo faz interação entre dança e tecnologia
  • Endança comemora 10 anos com o espetáculo Déjà Vú
    Endança comemora 10 anos com o espetáculo Déjà Vú

Deixe um comentário

Mensagem