Dançando o conto “A Enchente”, de Hermilio Borba Filho
  • Enchente | FOTO: Danilo Galvão
    img
  •        
  • Enchente | FOTO: Danilo Galvão
    img
  •        
  • Enchente | FOTO: Danilo Galvão
    img
  •        
  • Enchente | FOTO: Danilo Galvão
    img
  •        

Espetáculo, idealizado por Flavia Pinheiro, será apresentado entre 17 e 27 de março, no Teatro Hermilio Borba Filho, no Recife  

Ganhador do prêmio O Solo do Outro, o espetáculo Enchente será apresentado de 17 a 20 e de 24 a 27 de março, sempre às 20h, no Teatro Hermilio Borba Filho. Idealizado por Flavia Pinheiro, a performance é inspirada no conto “A Enchente”, do dramaturgo recifense Hermilio Borba Filho.

A obra é uma metáfora para as catástrofes humanas atuais, pretendendo a performance recontar a história através da materialidade das imagens, como recortes dos cineastas experimentais Jonas Mekas, Carolee Schneemann, Mustafa Abu Ali, Chris Marker, Esfir Shub E Stan Brakhage, além de utilizar arquivos das inundações do Recife e dos engenhos no interior do estado.

Com atuação das bailarinas Gardênia Coleto, Marcela Aragão e Marcela Filipe, a montagem se constrói em base a procedimentos de criação que envolvem restrições e obstruções de movimentos e alguns jogos com regras e materiais. As relações entre os corpos questionam as hierarquias e ampliam suas possibilidades ao realizarem tarefas de improvisação.

A duração é de 45 minutos e os ingressos custam R$20 (inteira) e R$ 10,00 (meia).

FICHA TÉCNICA
Duração: 45 minutos
Concepção, direção e dramaturgia: Flavia Pinheiro
Desenho de Imagem e Som: Leandro Oliván
Performers: Gardênia Coleto, Marcela Aragão e Marcela Filipe
Dramaturgista Corporal: Maria Paula CostaRêgo
Desenho de Luz: Pedro Vilela
Diretor de Arte: Guilherme Luigi
Fotografia: Danilo Galvão




Postado por


COMPARTILHE:

Sobre o autor
Maíra Passos

POSTS RELACIONADOS:

  • Histórias mágicas contadas através do balé clássico
    Histórias mágicas contadas através do balé clássico
  • A Bela Adormecida despertada pela Academia Fátima Freitas
    A Bela Adormecida despertada pela Academia Fátima Freitas
  • 50º espetáculo do Ballet Lúcia Helena D’Angelo
    50º espetáculo do Ballet Lúcia Helena D’Angelo

Deixe um comentário

Mensagem