A Dona da História

Categoria:

  • Ensaio de A Dona da História/Foto: Renata Pires
    img
  •        
  • Ensaio de A Dona da História/Foto: Renata Pires
    img
  •        
  • Ensaio de A Dona da História/Foto: Renata Pires
    img
  •        

O grupo teatral Duas Companhias celebra os seus 10 anos com a montagem de A Dona da História. Com texto do  diretor, roteirista, dramaturgo e compositor pernambucano João Falcão, o espetáculo de teatro-dança conta a história de uma mulher de 50 anos, repleta de presente a passado, que conversa com ela mesma aos 20 anos, repleta de presente e futuro, e vai reinventando sua caminhada.  Livia Falcão e Olga Ferrário, mãe e filha na vida real, encarnam na cena, respectivamente, a mais velha e a mais jovem, num texto bem-humorado que nos leva a uma reflexão sobre o tempo e seus contratempos. É ima peça de teatro dançado, no qual as atrizes interagem o tempo inteiro com o corpo em movimento como elemento de construção cênica.

A diretora do espetáculo é Duda Maia, que é formada pela Escola de Dança Angel Vianna (RJ) e desde 1996 desenvolve trabalhos de preparação corporal e direção de movimento para teatro e promete muita dança no palco.

O espetáculo A Dona da História será apresentado de 13 a 16, de 20 a 23 e de 27 a 30 de março (sempre das quintas-feiras aos domingos) no Teatro Apolo, às 20h. Nos dias 15 e 16 de março, contará com tradução em libras e audiodescrição.Os ingressos custam R$ 8 nas quintas-feiras (13, 20 e 27 de março), preço promocional para todo o público. Nos demais dias (sextas-feiras aos domingos), custará R$ 20 a inteira e R$ 10 a meia-entrada.

COMPANHIA

A Duas Companhias é uma das maiores referências do teatro pernambucano. Gestada e criada pelas atrizes Lívia Falcão e Fabiana Pirro, hoje agrega mais de 30 pessoas entre artistas, parceiros e técnicos. Ao longo de seus 10 anos de atuação, a companhia realizou montagens como Caetana, espetáculo visto por mais de 100 mil espectadores no Brasil e na Europa e lançou obras como o livro “Uma história do teatro pernambucano daqui pr’ali e de lá pra cá” e o documentário “Caetana o Filme”. Além disso, realizou o pioneiro projeto “Formação de Mulheres Palhaças em PE”.

Postado por


COMPARTILHE:

Sobre o autor
Maíra Passos

POSTS RELACIONADOS:

  • Pernambucano é destaque no Festival de Dança de Joinville
    Pernambucano é destaque no Festival de Dança de Joinville
  • Espetáculo inspirado em conto de Hermilo Borba Filho
    Espetáculo inspirado em conto de Hermilo Borba Filho
  • Dona Matuta vence 33º Concurso de Quadrilhas Juninas do Recife
    Dona Matuta vence 33º Concurso de Quadrilhas Juninas do Recife

Deixe um comentário

Mensagem