Coreografias particulares de intérprete​s-pesquisa​dores em dança

Categoria:

  • Curso intérprete-persquisador em dança / Grupo Acupe
    img
  •        
  • Curso intérprete-persquisador em dança / Grupo Acupe
    img
  •        

Nesta terça-feira, às 20h, no Teatro Marco Camarotti, Sesc de Santo Amaro (Recife-PE), os 19 alunos concluintes do “Curso Acupe – Formação do Intérprete-Pesquisador em Dança”, promovido pelo Acupe Grupo de Dança,  vão apresentar o resultado de suas pesquisas em trabalhos coreográficos solos, duos ou em grupo. A entrada é franca. “Todas as coreografias são bem particulares e duram de 3 a 6 minutos. Os temas que surgiram, serviram como caminho para uma pesquisa interna voltada à descoberta das possibilidades corporais de cada um”, diz o coordenador do curso, Paulo Henrique Ferreira.

As aulas do “Curso Acupe – Formação do Intérprete-Pesquisador em Dança” começaram em 1 de abril, no Centro Cultural Correios, totalmente gratuitas e voltadas à pesquisa e investigação da linguagem da dança em diálogo com outras áreas do conhecimento como o teatro. No processo de trabalho, com professores como Pedro Salustiano, Dave Carvalho, José Manoel, o próprio Paulo Henrique Ferreira e Marcelo Sena, além dos alunos desenvolverem um projeto escrito ao final, com motivações variadas para a construção de suas coreografias e respeitando a trajetória de cada um, houve um confrontamento do que estava no papel e o que foi levado à cena, sob orientação do coordenador do curso, Paulo Henrique Ferreira. A prática da crítica também foi exercitada, com cada um analisando o resultado do outro.

O “Curso Acupe – Formação do Intérprete-Pesquisador em Dança” também contou com turmas nas cidades de São Benedito do Sul, Arcoverde e Surubim. Para a realização do mesmo, foi construída uma grade de disciplinas que trabalham a linguagem da dança (Danças Tradicionais, Ballet, Dança Contemporânea) e dialogam com outras áreas do conhecimento (Teatro), além das que intensificaram a pesquisa estética e poética (Pesquisa em Dança). Foram 05 disciplinas no total (120 horas por cidade) que possibilitaram a cada aluno-intérprete-pesquisador investigar suas possibilidades de diálogo estético com o mundo na linguagem da dança. Didha Pereira, Miro Carvalho e Avaci Xavier foram outros professores convidados nas cidades do interior. O Acupe Grupo de Dança, com cinco anos de existência, tem se dedicado espetáculo à formação, paralelo às montagens como Coreológicas Recife e Jogo Coreográfico, entre outras. Mais: (81) 3216.1728.

Postado por


COMPARTILHE:

Sobre o autor
Maíra Passos

POSTS RELACIONADOS:

  • Entre passos e sombrinhas
    Entre passos e sombrinhas
  • 22º Festival de Dança do Recife divulga programação de espetáculos e oficinas
    22º Festival de Dança do Recife divulga programação de espetáculos e oficinas
  • Canceladas apresentações do The Russian State Ballet no Brasil
    Canceladas apresentações do The Russian State Ballet no Brasil

Deixe um comentário

Mensagem