Dark Room | Cia. Etc. (PE)

Categoria:

  • Dark Room / FOTO: Breno César
    img
  •        
  • Dark Room / FOTO: Breno César
    img
  •        
  • Dark Room / FOTO: Breno César
    img
  •        
  • Dark Room / FOTO: Breno César
    img
  •        

O quarto escuro da Cia. Etc. está de volta. Após três anos de estrada, Dark Room ganha temporada, que vai até o final de agosto, sempre Às 19h, no Espaço Vila, em Santo Amaro, Recife (PE). Custando R$ 10 (meia entrada) e R$ 20 (inteira), o espetáculo circunda a temática da sexualidade através da metáfora do ambiente íntimo, onde a privacidade permite o encontro com o outro e consigo. Fantasias brincam com os enfrentamentos humanos em uma conversa de corpos e identidades. 

O projeto é fruto de pesquisa desenvolvida continuamente pelos integrantes da companhia, que assinam coletivamente a criação do espetáculo, a partir da direção de Marcelo Sena. Para Dark Room, a investigação se deu intensamente na área dos estudos de identidade e gênero, assim como a Teoria Queer e os Estudos Culturais. O retorno do espetáculo, que conta em seu elenco com Elis Costa, José W Júnior, Marcelo Sena e Renata Vieira, soma ao seu conteúdo as mais recentes explorações da companhia, que vem pensando sobre corpo e áudio, esboçando o conceito de “audiodança”.

A partir disso, o espetáculo traz outras formas de explorar as questões auditivas. A própria trilha sonora, criada por Marcelo Sena e pela banda Rua,  (Caio Lima e Hugo Medeiros), é composta pelas vozes dos bailarinos e dialoga com o som produzido pelo corpo. A iluminação, criada por Saulo Uchoa, é composta por várias luminárias e executada pelos próprios intérpretes, ao longo do espetáculo. O cenário foi elaborado por todo o elenco do grupo, trazendo a intimidade do quarto como proposta de ambientação.

O figurino é assinado por Maria Agrelli e Juliana Beltrão, do Coletivo Lugar Comum e a produção do trabalho é assinada por Hudson Wlamir. Para o diretor do espetáculo, o contato com a platéia contribuiu para o amadurecimento da performance do elenco no espetáculo. “Estar em cena muda muita coisa. De 2011 pra cá já passamos por muitos tipos de plateias, o que ajudou a entender ainda mais o que queríamos em cada momento do espetáculo. Já fomos a Petrolina, João Pessoa, Manaus, assim como já apresentamos aqui mesmo em Recife para diferentes públicos”.

Afora a temporada de agosto, ainda este ano, a Cia. Etc. promoverá desdobramentos do projeto Dark Room. A aproximação da companhia a entidades que tem relação com as questões de gênero, orientação sexual e direitos humanos propicia o desenvolvimento das futuras ações. Estão previstas sessões itinerantes do espetáculo, continuação do processo de pesquisa, mesas-redondas com artistas-criadores da companhia, estudantes, professores, pesquisadores de arte e público em geral, além de demonstrações públicas da pesquisa prática a partir dos princípios corporais investigados durante o processo criativo. Mais informações: (81) 9699.2731

FICHA TÉCNICA:
Direção: Marcelo Sena
Bailarinos-criadores: Elis Costa, José W Júnior, Marcelo Sena e Renata Vieira
Trilha sonora original: Rua (Caio Lima e Hugo Medeiros) e Marcelo Sena
Figurino: Coletivo Lugar Comum (Maria Agrelli e Juliana Beltrão)
Cenário: Cia. Etc.
Iluminação: Saulo Uchôa
Identidade visual: Guilherme Luigi
Fotografias: Breno César
Produção: Hudson Wlamir
Realização: Cia. Etc.
Indicação classificatória: 18 anos
Duração: 55 minutos

Postado por


COMPARTILHE:

Sobre o autor
Maíra Passos

POSTS RELACIONADOS:

  • Orum Aiê, da Criart Cia. de Dança, em nova temporada
    Orum Aiê, da Criart Cia. de Dança, em nova temporada
  • Pernambucano é destaque no Festival de Dança de Joinville
    Pernambucano é destaque no Festival de Dança de Joinville
  • Espetáculo de Deborah Colker sobre o Rio Capibaribe abre o Festival uPlanet
    Espetáculo de Deborah Colker sobre o Rio Capibaribe abre o Festival uPlanet

Deixe um comentário

Mensagem