Diafragma: ensaio sobre a impermanência | Coletivo Mazdita (PE)

Categoria:

  • Flávia Pinheiro | FOTO: Divulgação
    img
  •        
  • Flávia Pinheiro | FOTO: Divulgação
    img
  •        
  • Flávia Pinheiro | FOTO: Divulgação
    img
  •        
  • Flávia Pinheiro | FOTO: Divulgação
    img
  •        

Performance ficará em cartaz na galeria de exposições do Porto Mídia

Diafragma: ensaio sobre a impermanência ficará em cartaz nos dias 31 e 31 de julho e 06 e 07 de agosto, sempre às 19h, na galeria de exposições do Porto Mídia, nº 181, Rua do Apolo, no Bairro do Recife (Recife – PE). A ideia do ensaio é tornar visível os micro movimentos invisíveis e questionar as possibilidade de existência na virtualidade.

Isso porque diafragma é apresentado como o motor de uma grande máquina, e em ensaio sobre a impermanência, a simulação se configura como um emblema da virtualidade. Um sensor (Kinect) capta o corpo em movimento e produz imagens em relação aos deslocamentos.  A impossibilidade de continuar existindo apenas na materialidade, desloca o diafragma ao universo da imagem digital.

A simulação de partículas possibilita a visualização das relações invisíveis entre matéria e energia, onde as partículas são os componentes primordiais das substâncias. Ao criar um modelo de mecanismos de atração a ênfases é exatamente na simulação, ou seja, na realidade virtual.  A informação sensada é utilizada através da plataforma openframeworks para criar uma animação.

Com os olhos fechados e entre abertos, a performer busca ativar o vínculo entre o interno e o externo. Esta percepção fenomenológica do interior se constitui como uma tentativa falida de estender o tempo através da sua permanência. O corpo constituído de substâncias em movimento e sua relação com a gravidade incorpora o imaginário visual do universo.

A duração do espetáculo é de 33 minutos e a entrada é gratuita, mas limitada para 50 pessoas. Mais informações: (81) 3090.6675.

FICHA TÉCNICA 
Produção e Criação: Coletivo Mazdita
Concepção e Performance: Flavia Pinheiro
Programação de imagens e software: Leandro Olivan
Fotografia e video: Martin Raabe

 

 

 

Diafragma, Ensaio sobre a impermanência from Colectivo Mazdita on Vimeo.

Postado por


COMPARTILHE:

Sobre o autor
Maíra Passos

POSTS RELACIONADOS:

  • Bailarina pernambucana no EuropaBallet
    Bailarina pernambucana no EuropaBallet
  • Em todas as formas, amor à arte
    Em todas as formas, amor à arte
  • Coletivo Trippé leva espetáculo e oficinas de dança para o sertão
    Coletivo Trippé leva espetáculo e oficinas de dança para o sertão

Deixe um comentário

Mensagem