Mostra Retrospectiva do Festival Estudantil de Teatro e Dança 2014

Categoria:

  • Chorus Lá in NE | FOTO: Pedro Portugal
    img
  •        
  • Então bate | FOTO: Pedro Portugal
    img
  •        
  • Obsessão em quatro atos | FOTO: Pedro Portugal
    img
  •        
  • Flicts, a história de uma cor | FOTO: Pedro Portugal
    img
  •        
  • Chorus Lá in NE | FOTO: Pedro Portugal
    img
  •        
  • Então bate | FOTO: Pedro Portugal
    img
  •        
  • Obsessão em quatro atos | FOTO: Pedro Portugal
    img
  •        
  • Flicts, a história de uma cor | FOTO: Pedro Portugal
    img
  •        

Espetáculos serão apresentados de 13 a 16 de novembro, no Teatro Apolo

A convite do produtor Pedro Portugal, em parceria com o Centro de Pesquisa e Formação das Artes Cênicas Apolo-Hermilo, a Mostra Retrospectiva acontece pela primeira vez, contanto com quatro espetáculos de teatro, dois para o público adulto e dois para o público infanto juvenil, além de duas coreografias distintas.

A proposta é dar a oportunidade do público ver ou rever trabalhos que receberam elogios na edição 2014 do Festival Estudantil de Teatro e Dança. As apresentações acontecem no Teatro Apolo, na Rua do Apolo, 121, Bairro do Recife (Recife – PE), de 13 a 16 de novembro, e os ingressos custam R$ 10 (preço único promocional). Mais informações: (81) 3355.3320.

PROGRAMAÇÃO

  • Dia 13 de novembro (quinta-feira), às 20h

Então, Bate! (Casa Mecane) | Classificação etária: a partir de 14 anos. Utilizando-se dos motes geradores do romance “A Mentira”, de Nelson Rodrigues, publicado inicialmente em forma de folhetim, a montagem traça diferentes e inesperados caminhos não apenas no contexto do romance que lhe deu origem, sobre uma menina que encontra-se grávida, mas fluindo livremente por todo o universo dramático rodriguiano, suas obras e biografia.

 [Ficha técnica] Texto: criação coletiva livremente inspirada nas obras e vida de Nelson Rodrigues. Direção cênica, direção musical, cenografia e iluminação: Dado Sodi. Assessoria musical: Ju Torres. Figurino: Nucha Rangel Braga e Darla Faria. Execução de figurino: Nena. Maquiagem: Vini Vieira. Execução de maquiagem: o grupo. Execução de som (trilha gravada) e produção executiva: Rapha Monte. Execução de trilha sonora ao vivo: Jimmy Marcone e Júnior Melo. Execução de luz: Dado Sodi. Elenco: Daiane Rebelo, Dani Lins, Jimmy Marcone, Júnior Melo, Nucha Rangel Braga e Well Arruda.

  •  Dia 14 de novembro (sexta-feira), às 20h

Obsessão Em Quatro Atos (V Turma de Iniciação Teatral Cênicas Cia. de Repertório) | Classificação etária: a partir de 16 anos. Nesta dramaturgia inspirada no universo rodriguiano, os desejos mais ocultas das personagens são revelados, com obsessões à mostra num cenário composto apenas por uma cama, lugar de intimidade. Amor, inveja, beleza e morte ganham aqui significados diversos.

[Ficha técnica] Texto: criação coletiva livremente inspirada na obra de Nelson Rodrigues, sob coordenação de Antônio Rodrigues. Direção cênica, seleção musical e cenografia: Antônio Rodrigues. Operação de som: Raul Elvis. Iluminação: Dom Dom Almeida. Figurino e produção: Antônio Rodrigues e Sônia Carvalho. Elenco: Daniel Gomes, Guto Ferraz, Isabelle Albuquerque, Maria Luísa Sá, Nina Alves, Raíza Cardoso, Rogério Wanderley, Samara Lacerda, Suelayne Sue, Tarcísio Vieira, Tiago Pazos, Walliphy Martins e Ytalo Santana.

  •  Dia 15 de novembro (sábado), às 16h30

A Bruxinha Que Era Boa (Grupo de Teatro do Projovem Adolescente de Igarassu) | Uma bruxinha diferente, fracasso na Escola de Maldades da Floresta, quer se sair melhor nos testes, até que encontra um jovem lenhador que não se assusta com sua aparência e decide ajudá-la a ganhar uma sonhada vassoura a jato da competição de bruxarias terríveis.

[Ficha técnica] Texto: Maria Clara Machado. Direção cênica, iluminação e direção de arte: Erineide Moreira. Direção musical: Sorim Neto e Maurício Pereira. Elenco: André Falcão, Gabriel Martins, Cláudia Barbosa, Zilda Catunda, Erivânia Moreira, Lucas Nascimento, Kassia Teixeira, Maxcléssia Albuquerque.

  •  Dia 16 de novembro (domingo), 16h30

 Flicts, a História de Uma Cor (Grupo Arte Em Movimento e Núcleo de Arte e Cultura do Instituto Federal de Pernambuco/Campus Recife).  Flicts é uma cor que veio do interior de Pernambuco, da cidade de Taquaritinga, e tenta fazer parte do arco-íris, mas não é aceita pelas outras cores por ser diferente. Mesmo assim, a corzinha luta por seu espaço e sonha com outros lugares que possam aceitá-la como ela é.

[Ficha técnica] Texto: Ziraldo e Aderbal Júnior. Adaptação, direção e coreografia: Black Escobar. Trilha sonora original: Walmir Chagas. Projeção de imagens: Eduardo Costa. Fotos, vídeos e operação de som: Rhaiza Oliveira. Edição de vídeos: Tarcísio Vieira. Maquiagem e figurino: o grupo. Ilustração: Loudovico Soares. Contrarregras: Ingrid Vital e Joanne Oliveira. Realização e produção: Núcleo de Arte e Cultura do IFPE Campus Recife. Elenco: Vítor Palmares, Marcelo Palmares, Fábio Queiróz, Jonatas Rafael, Adriana Azevedo, Beatriz Cavalcanti, Gabriela Melo, Tarcísio Vieira, Cássia Souza, Gabriel Gelpke, Lucas Fialho e Ytalo Santana.

Disritmia (Grupo NAP de Dança e Colégio NAP). Dança contemporânea que aborda o cotidiano da vida ao som da instigante canção de Zeca Baleiro na interpretação do grupo Pedro Luiz e a Parede.

[Ficha técnica] Direção e coreográfica: Viviane Lira. Elenco: Marina Navarro, Camila Fittipaldi, Talita Nóbrega, Mariana Resende, Rebecca Alves, Olga Valença, Lorena Marine, Maria Eduarda Melo e Marina Melo. Duração: 10 minutos.

Chorus Lá in NE (Núcleo de Arte e Cultura do Instituto Federal de Pernambuco/Campus Recife). A coreografia traz como trilha sonora a canção One (do musical Chorus Line), e propõe um diálogo entre a dança espetacular e glamourosa da Broadway em diálogo com o frevo pernambucano.

[Ficha técnica] Coreografia, direção e figurino: Black Escobar. Sonoplastia: Tarcísio Vieira. Iluminação: Eron Villar. Elenco: Rairan Almeida, Pedro Leão, Baby, Gizela Marinho, Júlia Rafaela, Yasmim Dantas, Deyvid Felício, Eduh Costa, Ingrid Vital, Eduardo Gonçalves, Vinícius Xavier, Mirela Santos, Luísa Lagoa, Henrique Lopes, Jared Mello, Dora Maciel, Rafaela Allves, Beatriz Cavalcanti, Carlos Eduardo, Arthur Victor, Ana Gisele e Dany Alves. Duração: 20 minutos.

Postado por


COMPARTILHE:

Sobre o autor
Maíra Passos

POSTS RELACIONADOS:

  • Coletivo Trippé leva espetáculo e oficinas de dança para o sertão
    Coletivo Trippé leva espetáculo e oficinas de dança para o sertão
  • Nova temporada da versão recifense do musical O Rei Leão
    Nova temporada da versão recifense do musical O Rei Leão
  • Fazendo Berlim ferver
    Fazendo Berlim ferver

Deixe um comentário

Mensagem