Sobre um Paroquiano

Categoria:

  • Sobre um paroquiano / FOTO: Alice Moreira
    img
  •        
  • Sobre um paroquiano / FOTO: Camila Sergio
    img
  •        
  • Sobre um paroquiano / FOTO: Camila Sergio
    img
  •        

O espetáculo de dança Sobre um Paroquiano, inspirado no texto Um Paroquiano Inevitável, de Hermilo Borba Filho, é encenado pela Compassos Cia. de Danças em Garanhuns e São  Benedito do Sul, no dia 25, e no Recife, no da 26. A montagem, que estreou em 2007, chamado de Um Paroquiano Inevitável, na época, ganhou vida, refez passos, agregou novos artistas e agora renasce em um novo percurso.

Uma família, seus compassos e descompassos diante do absurdo da existência. A poesia agreste e sublime entranhada na convivência entre Mãe, Pai e os filhos Poeta, Atleta e Noivo.E a Noiva. E o misterioso Enéas. Em três almoços, um espetáculo nasce, uma vida se espelha, com seus desatinos e encontros. Corpo e voz no desnudamento de um cotidiano apinhado de encruzilhadas. Dança, teatro, cinema e afetos desenhados sobre a mesa, repleta de gostos e cheiros, de vida e de morte.

Com duração de 50 minutos, a movimentação é baseada em ações cotidianas e comportamentos habituais dentro de uma casa, como sentar, deitar, andar, arrumar os ambientes, ir ao banheiro, estar num quarto, lavar as mãos e varrer a casa, aliados a técnicas de dança contemporânea e capoeira. Dessas ações aparentemente corriqueiras, varrer a casa ganha uma dimensão especial, pois, além de ser utilizada como um determinante para ações coreográficas, ainda interfere nos corpos dos bailarinos com uma sonoridade que ambienta o espetáculo. Mais informações: (81) 4101.1640, 9212.9791 e cia.compassos@gmail.com.

São Benedito do Sul: às 11h, no Clube Municipal

Garanhuns:  às 16h, no Pavilhão de Dança do  Parque Euclides Dourado. A apresentação integra as atividades do Festival de Inverno de Garanhuns

Recife:  às 19h, no Teatro Hermilo, no Recife. A apresentação integra as atividades da Semana Hermilo Borba Filho. Após o espetáculo, haverá  debate com o coreógrafo Raimundo Branco e o professor Arnaldo Siqueira.

Postado por


COMPARTILHE:

Sobre o autor
Maíra Passos

POSTS RELACIONADOS:

  • A ancestralidade do corpo contemporâneo
    A ancestralidade do corpo contemporâneo
  • Inscrições abertas para a 13ª Mostra Brasileira de Dança
    Inscrições abertas para a 13ª Mostra Brasileira de Dança
  • Projeto vai mapear a dança nas capitais brasileiras
    Projeto vai mapear a dança nas capitais brasileiras

Deixe um comentário

Mensagem