Festival audiovisual de dança está com inscrições abertas
  • André Aguiar | FOTO: Rayanne Moraes
    img
  •        
  • André Aguiar | FOTO: Rayanne Moraes
    img
  •        

Guiar, Festival Internacional de Screendance, recebe filmes de dança até 27 de agosto. O evento sacontece entre os dias 09 e 13 de outubro, no Cinema São Luiz 

Até o dia 27 de agosto, Guiar – Festival Internacional de Screendance está com inscrições abertas para o envio de filmes . Podem concorrer todos os audiovisuais em dança, seja falando sobre, com ela e/ou a partir dela. O evento conta com incentivo do Governo de Pernambuco, através do Funcultura, acontece entre 09 e 13 de outubro, no Cinema São Luiz (Recife, PE).

“O nome do festival é Screendance porque abraça todas as interações da dança na tela. Além das mostras audiovisuais de videodanças, o público vai poder assistir a interação de outras tecnologias com a dança, como jogos e softwares inovadores”, explica o idealizador do evento, o dançarino André Aguiar.

Os interessados em se inscrever na mostra competitiva devem cadastrar filmes que tenham sido finalizados a partir de 2010, com cópia de exibição em formato digital (FullHD) e duração de até 25 minutos, no site do festival. Também é preciso fornecer uma sinopse e fotos de divulgação da obra. É possível inscrever quantas obras desejar, desde que o responsável pela inscrição detenha os direitos de exibição.

Os filmes serão avaliados pela curadoria do Festival, formada pelos artistas Gardênia Coleto e Marcelo Sena. Eles vão analisar as obras segundo os critérios de qualidade, currículo da direção e do filme, ineditismo, temática e diversidade. As obras selecionadas serão divulgadas no dia 16 de setembro.

Além da mostra audiovisual nas modalidades competitiva e não competitiva, o evento vai trazer oficinas, debates e, antes das sessões, apresentações de performance ao vivo e online. E, em um dos dias da mostra, o público que vai escolher o filme que será exibido no Cinema São Luiz, através de votação pelas redes sociais. O evento contará ainda com audiodescrição, tradutores de libras e legendas em português e inglês.

OPORTUNIDADES

Vagas para transgêneros
O festival vai contratar transgêneros para legendar os filmes em inglês e português. Para se inscrever, os candidatos devem enviar o currículo para guiarfestival@gmail.com até o dia 10 de agosto. Os requisitos são: fluência em inglês e saber (ou ter disponibilidade para aprender a) aplicar legendagem em videos. A remuneração é de R$600.

Voluntariado
Também haverá seleção de 15 voluntários para trabalhar auxiliando a produção do evento. Podem se inscrever universitários com mais de 18 anos e que tenham afinidade com as áreas de conteúdo, comunicação, produção, tecnologia e vendas. Os interessados devem preencher o formulário disponível no site do festival até o dia 10 de agosto. No site também está disponível a descrição das atividades que serão realizadas por cada área. O resultado será divulgado no dia 20. Os voluntários serão capacitados pela equipe do evento e receberão certificados de 45 horas da Pró-Reitoria de Extensão Universitária da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE).

Produtores de vinhetas
O festival ainda vai premiar os produtores de vinhetas que antecederão os filmes exibidos no evento. Serão cinco trabalhos selecionados e os ganhadores receberão acesso livre em todas as sessões da primeira edição do Guiar. As vinhetas devem ter até 90 segundos de duração e cópia de exibição em formato digital (FullHD). Os candidatos precisam enviar, até o dia 10 de setembro, os links para os vídeos para o e-mail guiarfestival@gmail.com, informando o nome do criador(a). O resultado será divulgado no dia 16 do mesmo mês.




Postado por


COMPARTILHE:

Sobre o autor
Maíra Passos

POSTS RELACIONADOS:

  • Musical A Família Admms ganha versão recifense
    Musical A Família Admms ganha versão recifense
  • Academia Fátima Freitas apresenta O Quebra Nozes
    Academia Fátima Freitas apresenta O Quebra Nozes
  • Dùvido, da Cia Sopro de Zéfiro, encerra temporada do Quartas da Dança
    Dùvido, da Cia Sopro de Zéfiro, encerra temporada do Quartas da Dança

2 Comentários

rocio prieto

2018-08-22 18:32:39 Responder

olá! bom dia/boa noite! tenho um documentário que pode resultar muito interessante para este festival mas a duração é de 51 minutos. E preferi directamente enviar para vocês para que vejam se tem outra categoría onde podem encaixar.

É um documentário sobre Annie Garby, professora de 94 anos que ainda dança a “dança livre” ou técnica de F. Malkovsky quem foi inspirado pela própria Isadora Duncan.

Espero a sua resposta
Cumprimentos

Rocío Prieto

Deixe um comentário

Mensagem