O universo do balé no Mundo Bailarinístico
  • Dryelle Almeida | FOTO: Carla Thomaz
    img
  •        
  • Dryelle Almeida | FOTO: Carla Thomaz
    img
  •        
  • Dryelle Almeida | FOTO: Carla Thomaz
    img
  •        
  • Almofada da lojinha do Mundo Bailarinístico
    img
  •        
  • Almofada da lojinha do Mundo Bailarinístico
    img
  •        
  • Camiseta da lojinha do Mundo Bailarinístico
    img
  •        
  • Camisa da lojinha do Mundo Bailarinístico
    img
  •        
  • Dryelle Almeida | FOTO: Carla Thomaz
    img
  •        
  • Dryelle Almeida | FOTO: Carla Thomaz
    img
  •        
  • Dryelle Almeida | FOTO: Carla Thomaz
    img
  •        
  • Almofada da lojinha do Mundo Bailarinístico
    img
  •        
  • Almofada da lojinha do Mundo Bailarinístico
    img
  •        
  • Camiseta da lojinha do Mundo Bailarinístico
    img
  •        
  • Camisa da lojinha do Mundo Bailarinístico
    img
  •        

Publicitária e bailarina traz dicas sobre a dança clássica em blog, além de lojinha com produtos da marca  

Um espaço que reúne todas aquelas particularidades e interesses que só os bailarinos e amantes do balé têm. Estamos falando do Mundo Bailarinístico, de Dryelle Almeida. publicitária, formada em balé clássico pela Escola Municipal de Bailado de São Paulo, professora de balé clássico e aspirante a sapateadora, Dryelle reúne, em posts diários, dicas, curiosidades, significados, conceitos, fotos, frases, histórias, vídeos e tudo mais que seja importante para a sobrevivência bailarinística de seus habitantes, além de trazer uma pitada de humor.

Professora de balé clássico e sapateado para crianças e adolescentes numa ONG, Dryelle resolveu criar o Mundo Bailarinístico em 2013. “A ideia surgiu porque eu sempre gostei de passar teoria para minhas alunas e sempre procurava na internet, então, resolvi começar postando as coisas que eu passava para elas. Queria que este blog fosse a extensão das minhas aulas e que pudesse compartilhar este conteúdo também para outras pessoas. A partir daí resolvi tentar unir o máximo de conteúdo e informação que envolvesse o balé clássico em uma única página”, conta. O objetivo é tentar trazerr tudo sobre o mundo do balé, ser referência em conteúdo e servir como fonte de pesquisa bailarinística.

Fora as postagens de Dryelle, o blog tem também colaboradores que escrevem para as colunas. A Janaína Barros, também professora de balé; a Danielle Fava, nutricionista, bailarina, fala sobre alimentação; a Maria Cristina Lopes, psicóloga, gestora da página Ballet sem estresse; a Elidiane Serafim, do Blog Serafim Ballet, fala sobre balé infantil. Recentemente foi lançada a coluna do Fellipe Camarotto, sobre técnica masculina no balé.

Além disso, a presença do blog nas redes sociais é grande. A fanpage da página ultrapassou as 47 mil curtidas e o Instagram tem mais de 30k seguidores. “O retorno é super frequente e é gratificante saber que as pessoas estão lendo. Elas mandam mensagens e comentam nas redes sociais, também fazem comentários nas postagens do blog, preenchem o formulário para receber novidades, me mandam e-mails e me seguem no snapchat. Além disso, pedem postagens, dão ideias, mandam fotos, elogiam, agradecem, pedem dicas e ajuda, dão sugestões e críticas, contam suas histórias… De uma maneira geral são muito participativos”.

Foi justamente observando a aceitação das postagens que Dryelle teve a ideia de criar produtos ligados ao balé para vender. “A ideia era fazer com que aquelas postagens, que sempre geraram identificação e eram cheias de curtidas virassem bailarinices e pudessem ser mais que compartilhadas, pois quando adquiridas são usadas e guardadas com carinho”. Foi aí que surgiu a loja virtual do Mundo Bailarinístico com produtos exclusivos criados pela própria Dryelle.

Camisetas, croppeds, chinelos, canecas, necessaire, almofadas, pôsteres são alguns dos produtos que são vendidos online e entregues em todo o Brasil. As bailarinices queridinhas, que são aqueles mais vendidas são as camisetas (estampas: “Viver para dançar ou dançar para viver”, “Sua dança não mente o que seu coração sente”, “Love”, “I <3 Ballet”, “ Meia Ponta | Ponta | Meia Ponta | Desce”, “5678” e “ Dançar é como sonhar com os pés”); as canecas “Menos açúcar! Bailarinas já são doces” e “Todo dia é dia de café, todo dia é dia de balé” e o bodie para bebês “Saiu o resultado do teste do pezinho: Pé de bailarina”. Ficou curioso? Entra lá no blog e dá uma conferida. 😉




Postado por


COMPARTILHE:

Sobre o autor
Fabiana Constantino

POSTS RELACIONADOS:

  • 50º espetáculo do Ballet Lúcia Helena D’Angelo
    50º espetáculo do Ballet Lúcia Helena D’Angelo
  • Studio de Danças apresenta o espetáculo Inspiração
    Studio de Danças apresenta o espetáculo Inspiração
  • Musical sobre Shrek ganha versão recifense
    Musical sobre Shrek ganha versão recifense

Deixe um comentário

Mensagem