Projeto DDDança ganha segunda edição
  • DDDança | Divulgação
    img
  •        
  • DDDança | Divulgação
    img
  •        
  • Terra, do Grupo Grial | FOTO: Marcos Aurélio
    img
  •        
  • DDDança | Divulgação
    img
  •        
  • DDDança | Divulgação
    img
  •        
  • Terra, do Grupo Grial | FOTO: Marcos Aurélio
    img
  •        

Durante o mês de abril, no Recife, serão desenvolvidas ações que afirmam para a sociedade a dança como campo profissional

Artistas da dança em Pernambuco, unidos através do DDDança, plataforma de discussões artístico-políticas, realizam conjuntamente uma série de ações dedicadas à dança no mês de abril. Debates políticos, performances, feira, aulas, consultorias, intercâmbios, espetáculos, mostra de fotografia e intervenções visuais acontecem ao longo do mês, com a intenção de culminar no dia 29 de abril, Dia Internacional da Dança, na Torre Malakoff, quando um documento oficial com as pautas do setor será entregue ao Ministro da Cultura, Juca Ferreira.

Em sua segunda edição, o DDDança consolida-se como ação articulada entre sociedade civil e poder público, uma co-realização entre artistas da dança, do Governo de Pernambuco (Secult/Fundarpe) e da Fundo Nacional de Artes (Funarte/MinC). As inscrições, abertas até o dia 12 de abril, podem ser realizadas no site do DDDança.

A abertura será amanhã (05/04), no Teatro Arraial Ariano Suassuna (Rua da Aurora, 457, Boa Vista, Recife-PE), às 19h30, com a apresentação do espetáculo Terra em outras terras, da dançarina pernambucana Maria Paula Costa Rêgo, do Grupo Grial.

PROGRAMAÇÃO
Na quarta-feira (6), a programação do DDDança já inicia com o encontro Corpos em manifesto, no Teatro Arraial. A partir das 9h30, dançarinos, pesquisadores, performers e interessados na dança se reúnem para debater questões relativas ao tema A bailarina negra / O bailarino negro, em um debate sobre o lugar dos corpos, cultura, sons e movimentos negros na dança.

As discussões culminam em uma performance-manifesto à noite, às 19h30, a fim de sintetizar as inquietações dos participantes nos seus corpos. A apresentação estará aberta ao público. O encontro Corpos em manifesto ocorrerá em três quartas-feiras do mês de abril (além do dia 6, nos dias 13 e 20), com temáticas diferentes a cada edição. Para participar, é preciso se inscrever.

A programação do DDDança continua na sexta-feira (8), quando acontece a primeira mostra do trabalho de fotógrafos que acompanham o cenário da dança em Pernambuco há décadas e de jovens fotógrafos, no Espaço Experimental, a partir das 18h. A exposição, que conta na primeira semana com imagens de profissionais como André Nery, Hans vonManteuffel e Rogério Alves, também funcionará como um espaço de diálogo ao longo do mês.

OUTRAS AÇÕES
Durante o mês, ainda será possível realizar trocas solidárias artísticas ou técnicas com profissionais da dança, em uma espécie de intercâmbio de experiências; expor trabalhos de videodanças, videoarte, vídeos e fotografias de dança; disponibilizar o próprio espaço para algumas das ações do DDDança (seja sala de ensaio, espaço cultural ou até a própria garagem); e participar de batalhas urbanas dedicadas ao breaking e a estilos semelhantes. Para isso, basta se inscrever no formulário que está disponível no blog do DDDança. Todas as ações são gratuitas.

Profissionais envolvidos artística e politicamente com a dança das 12 Regiões de Desenvolvimento (RDs) de Pernambuco podem se inscrever no site para participar das ações. O Governo do Estado vai garantir a vinda ao Recife de uma pessoa de cada RD, além de hospedagem e alimentação. A seleção será feita a partir da análise das cartas de intenção e dos currículos enviados.




Postado por


COMPARTILHE:

Sobre o autor
Maíra Passos

POSTS RELACIONADOS:

  • Caruaru ganha seu primeiro congresso de dança
    Caruaru ganha seu primeiro congresso de dança
  • Mundo ao redor da dança
    Mundo ao redor da dança
  • Pole dance made in Pernambuco é destaque em competições nacionais e internacionais
    Pole dance made in Pernambuco é destaque em competições nacionais e internacionais

Deixe um comentário

Mensagem