Público é convidado para contribuir com criação de espetáculo
  • André Vitor Brandão | FOTO: Fernando Pereira
    img
  •        
  • André Vitor Brandão | FOTO: Fernando Pereira
    img
  •        
  • André Vitor Brandão | FOTO: Fernando Pereira
    img
  •        
  • André Vitor Brandão | FOTO: Fernando Pereira
    img
  •        

André Vitor Brandão está em processo criativo do seu primeiro solo, o Onde ele anda é outro céu 

O bailarino André Vitor Brandão está envolvido na criação do seu primeiro espetáculo solo, Onde ele anda é outro céu, que vai discutir sobre questões existencialistas do humano na sociedade contemporânea. Após uma pesquisa que já dura um ano e meio, ele realiza a primeira demonstração do trabalho, hoje (17), às 20h, no Teatro Dona Amélia, no Sesc de Petrolina (av. Fernando Góes, s/n, Centro de Petrolina). O público assistirá um trecho da coreografia e poderá contribuir com a criação durante um bate-papo após a apresentação, dizendo como a obra está sendo entendida.

A ideia de criação da coreografia partiu de outra linguagem, a literatura, após o contato do artista com a obra do escritor moçambicano Mia Couto, mais especificamente com seu conto O Homem Cadente. “A partir deste conto, desenvolvo questões relacionadas aos estados em que se encontram os sujeitos em nossa contemporaneidade, além de friccionar os limites entre sonho e realidade”, explica Brandão.

De acordo com André, esses encontros com o público antes da estreia, que deve acontecer em fevereiro de 2016, é de fundamental importância.“Empreendo no meu processo uma ideia de dramaturgia compartilhada, que vai sendo construída pela união de várias vozes, sendo elas: a minha, a do público e a do dramaturgista”, completa o bailarino.

A apresentação é aberta para todos os interessados e tem entrada franca. A produção do espetáculo pela Qualquer Um dos 2 Cia. de Dança conta com o incentivo do Governo do Estado de Pernambuco, através do edital Funcultura 2013/2014. Além das demonstrações de processo, o público também pode acompanhar a construção do espetáculo no blog do projeto.

Sobre André Vitor Brandão: possui graduação em Artes Visuais pela Universidade Federal do Vale do São Francisco e é Pós graduando em Dança Educacional e Artes Cênicas pelo Centro Sul Brasileiro de Pesquisa, Extensão e Pós Graduação (CENSUPEG). É bailarino da Cia de Dança do Sesc Petrolina e da Qualquer um dos 2 Companhia de Dança. Atualmente é instrutor de atividades artísticas do Serviço Social do Comércio-SESC em Petrolina atuando como coordenador das atividades de Artes Visuais e Cinema da Unidade. Tem experiência na área das Artes Cênicas, mais especificamente na linguagem da dança contemporânea e na área das Artes Visuais em curadoria, expografia, produção e montagem de exposições.




Postado por


COMPARTILHE:

Sobre o autor
Maíra Passos

POSTS RELACIONADOS:

  • 50º espetáculo do Ballet Lúcia Helena D’Angelo
    50º espetáculo do Ballet Lúcia Helena D’Angelo
  • Studio de Danças apresenta o espetáculo Inspiração
    Studio de Danças apresenta o espetáculo Inspiração
  • Musical sobre Shrek ganha versão recifense
    Musical sobre Shrek ganha versão recifense

Deixe um comentário

Mensagem