Temporada gratuita do espetáculo de dança infantil “Meu querido catavento”, em Petrolina
  • Meu querido catavento | FOTO: Karen Lima
    img
  •        
  • Meu querido catavento | FOTO: Karen Lima
    img
  •        
  • Meu querido catavento | FOTO: Karen Lima
    img
  •        
  • Meu querido catavento | FOTO: Karen Lima
    img
  •        

A montagem, do Coletivo Trippé, será apresentada nos dias 10, 11, 12 e 13 de abril, em diversos pontos da cidade 

Estimular a criatividade infantil e a formação de plateia com uma perspectiva inclusiva que prioriza a população periférica. Esse é o objetivo da nova temporada do espetáculo de dança infantil Meu Querido Catavento, promovida pelo Coletivo Trippé, em Petrolina (PE). As apresentações, todas gratuitas, acontecerão sempre às 9h e 15h, nos dias 10, 11, 12 e 13 de abril, em vários pontos da cidade.

A temporada irá iniciar com quatro apresentações, nos dias 10 e 11, no Cine-teatro do CEU das Águas, localizado no Bairro Rio Corrente. O espetáculo também será realizado em duas sessões no dia 12, no espaço da Associação Cultural do Samba de Véio da Ilha do Massangano. Já no dia 13, a montagem vai animar a garotada na Associação das Mulheres Rendeiras do Bairro José e Maria.

No total, serão apresentadas oito sessões do Meu Querido Catavento, que traz diversas brincadeiras e utiliza a imaginação infantil como mola propulsora. Cada brincadeira é acompanhada por um programa de mediação cultural, envolvendo conversas com os artistas e distribuição de material gráfico educativo em formato de “livrinho para colorir”.

Para o produtor cultural Adriano Alves, essa temporada é uma oportunidade para ampliar o contato com escolas da rede pública de ensino e investir na formação de plateia para dança na cidade. “O Trippé investe sempre em atividades em bairros e parceria com instituições sociais, para essa temporada gratuita fizemos contato com escolas públicas e Ong’s que atendam crianças na periferia. Vamos recebê-las nas apresentações e fazer atividades lúdicas”, conta.

O projeto é uma realização do Coletivo Trippé, com produção assinada pela Pipa Produções e apoio financeiro do Governo do Estado de Pernambuco, através do Fundo Pernambucano de Incentivo à Cultura (Funcultura PE), da Secretaria de Cultura de Pernambuco (Secult-PE), e da Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe). Mais informações estão disponíveis no blog do grupo.

PROGRAMAÇÃO

10 de abril, às 9h e 15h, no CEU das Águas, no Bairro Rio Corrente
11 de abril, às 9h e 15h, no CEU das Águas, no Bairro Rio Corrente
12 de abril, às 9h e 15h, Associação Cultural do Samba de Véio da Ilha do Massangano
13 de abril, às 9h e 15h, Associação das Mulheres Rendeiras, no Bairro José e Maria




Postado por


COMPARTILHE:

Sobre o autor
Maíra Passos

POSTS RELACIONADOS:

  • Academia Fátima Freitas apresenta sua 13ª Mostra de Dança
    Academia Fátima Freitas apresenta sua 13ª Mostra de Dança
  • 11ª Sapatilhas no Forró homenageiam a Nando Cordel
    11ª Sapatilhas no Forró homenageiam a Nando Cordel
  • Quem é o mestre? Projeto apresenta experimentos sobre soberania e poder
    Quem é o mestre? Projeto apresenta experimentos sobre soberania e poder

Deixe um comentário

Mensagem