35º Concurso de Quadrilhas Juninas do Recife
  • Concurso de Quadrilhas do Recife | FOTO: Andréa Rego Barros
    img
  •        
  • Dona Matuta | FOTO: Andréa Rêgo Barros
    img
  •        
  • Raio de Sol | FOTO: Andréa Rêgo Barros
    img
  •        
  • Lumiar | FOTO: Andréa Rêgo Barros
    img
  •        

Sítio da Trindade recebe o festival, com eliminatórias acontecem até esta sexta e finais nos próximos dias 28 e 29 

O Sítio Trindade recebe o 35º Concurso de Quadrilhas Juninas, promovido pela Prefeitura do Recife, por meio da Secretaria de Cultura. Até o próximo dia 22, 35 quadrilhas irão desfilar suas histórias, coreografias e tradições.

O tempo de apresentação de cada quadrilha é de 30 minutos. Entre os 35 inscritos, serão selecionados 12 grupos para a final, que acontece nos dias 28 e 29 de junho, às 20h. Os finalista receberão R$ 3 mil pela classificação e as cinco vencedoras serão premiadas com R$ 13 mil, R$ 9 mil, R$ 7 mil, R$ 6 mil e R$ 5 mil, respectivamente.

Paralelamente, também acontece o 17º Concurso de Quadrilhas Juninas Infantojuvenil. A final está marcada para o dia 30 de junho, às 17h, no Sítio da Trindade. Serão selecionadas quadrilhas finalistas, que recebrão prêmio de classificação no valor de R$ 3 mil. Já os três primeiros lugares ganham de R$ 5 mil, R$ 4 mil e R$ 3 mil.

PROGRAMAÇÃO

17 de junho
20h – Raízes do Pinho
20h45 – Forró Baião Nordestino
21h30 – Brilho de Ouro
22h15 – 100Hora Nordestina
23h – Arrocha o Nó

18 de junho
20h – Serrana Matuta
20h45 – Traquejo
21h30 – Matutada
22h15 – Dona Matuta
23h – Xotear
23h45 – Zabumba

19 de junho
20h – Explosão Coroense
20h45 – Mandacaru de Limoeiro
21h30 – Traque de Massa
22h15 – Zé Matuto
23h – Renascer
23h45 – Traque

20 de junho
20h – Chinelar
20h45 – União Junina
21h30 – Chá de Zabumba
22h15 – Flor de São João
23h – Bacamarte
23h45 – Raio de Sol

21 de junho
20h – Fulejo
20h45 – Junina da Sulanca
21h30 – Amigos do Furacão
22h15 – Evolução
23h – Quentão
23h45 – Lumiar

22 de junho
20h – Rosa dos Ventos
20h45 – Origem Nordestina
21h30 – Cambalacho
22h15 – Matutinho
23h – Mestre Zé
23h45 – Tradição




Postado por


COMPARTILHE:

Sobre o autor
Maíra Passos

    ÚLTIMOS POSTS:

    • Bailarino e músico Alisson Lima apresenta o espetáculo “Na medida do possível”, online
      Bailarino e músico Alisson Lima apresenta o espetáculo “Na medida do possível”, online
    • Confira escolas de dança que já voltaram às aulas presenciais, no Recife
      Confira escolas de dança que já voltaram às aulas presenciais, no Recife
    • Para falar de balé clássico, bailarina e publicitária criou um “Mundo Bailarinístico”
      Para falar de balé clássico, bailarina e publicitária criou um “Mundo Bailarinístico”

    Deixe um comentário

    Mensagem