Aulas de ballet 30+, conexão corporal, dança para crianças e pilates são oferecidas pela bailarina Camila Alvim, online
  • As aulas acontecem virtualmente | FOTO: Pexels
    img
  •        
  • Aula de Camila Alvim | FOTO: Arquivo pessoal
    img
  •        
  • Camila Alvim | FOTO: Arquivo pessoal
    img
  •        

Os encontros, particulares ou em grupos, são através da plataforma Zoom. Já de 31/08 a 02/09, acontecem a Semana de Aulas Abertas, gratuitamente     

As aulas de dança virtuais vieram mesmo para ficar. Além de alternativa para os que preferem evitar sair de casa, devido à pandemia, os encontros de dança online são ótimas opções para quem tem uma rotina mais corrida e dos que gostam da comodidade de poder se mover em qualquer lugar. Pensando nos adeptos das aulas de dança online, a bailarina Camila Alvim, professora licenciada em dança pela Universidade Candido Mendes, oferece várias modalidades, que podem ser praticadas individualmente ou em grupo.

São elas: ballet 30+, que são aulas de balé clássico exclusivamente para pessoas acima de 30 anos; conexão corporal, criada pela própria bailarina; dança para crianças; pilates; e aulas de qualquer modalidade particulares e para grupos fechados. Para quem quiser conhecer as aulas de Camila, a bailarina vai realizar a Semana de Aulas Abertas, que acontecem nos dias 31/08, 01/09 e 02/09. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas através de formulário online.

Segundo a bailarina e professora de dança, as aulas estão totalmente renovadas e as turmas são novas, com todas as modalidades adaptadas ao nosso momento social, de confinamento, e atividades elaboradas para o ambiente de casa, com pouco espaço. “As aulas de ballet 30+ e conexão corporal são aulas super conectas, se você puder fazer as duas, terá uma rotina completa de exercícios mais energéticos com exercícios para relaxar o corpo”, explica Camila Alvim.

Sobre o nível das aulas e quem pode fazer, a professora diz que as aulas de adultos, todos podem fazer. “Exceto o ballet 30+, que é voltado especificamente para as pessoas a partir dos 30 anos, onde o corpo muda e nossa rotina também”, lembra. De acordo com a bailarina, as aulas são para iniciantes ou para quem quer voltar a fazer aula, não tem muita regra, pois o objetivo é trabalhar o corpo de maneira consciente e prazerosa.

“Você pode ter feito dança ou não, pode nunca ter praticado nenhuma atividade física ou pode ser praticante. Se você estiver liberada para fazer atividade física, você pode fazer as minhas aulas, são seguras e adaptadas para espaços pequenos”, detalha.

METODOLOGIA

As aulas foram desenvolvidas com o objetivo de proporcionar uma oportunidade a quem tem uma rotina muito corrida, não tem muito tempo, pouco espaço, e não se adapta aos exercícios físicos tradicionais, ou mesmo quem não tem opções de atividades físicas em suas cidades, de incluir uma na sua rotina. “Com apenas uma hora por semana, você vai sentir os benefícios no seu dia a dia de ter uma atividade física que reúne movimento e arte”, conta a professora de dança.

No caso das crianças, existe um horário específico para cada idade e é aberta a todas as crianças que queiram experimentar. “As crianças acima de três anos precisam de supervisão durante as aulas, caso queiram beber água, ir ao banheiro ou caso haja alguma questão com o aparelho que ela está usando para as aulas. Já as de dois anos precisam de acompanhamento durante as aulas para que elas se sintam seguras e para que a aula ocorra com tranquilidade”, orienta.

Todas as aulas acontecem através da plataforma Zoom. “Eu envio o link com 10 minutos de antecedência e espero os alunos entrarem. Eu dou muito valor à pontualidade e presença, pois assim podemos praticar as atividades de forma segura e colher os benefícios de cada uma delas. A minha ideia é justamente poder alcançar pessoas em qualquer lugar do mundo com as minhas aulas, por isso são online”, ressalta a professora de dança Camila Alvim.

DICAS PARA AS AULAS DE DANÇA ONLINE

Para que as aulas de dança online sejam tenham bom rendimento, a bailarina traz algumas recomendações:

  • O aluno precisa de um canto em que ele possa se movimentar, mas não muito espaço: um cantinho na sala, no quarto, no escritório, ao ar livre, onde você puder.
  • É importante o lugar estar limpo, sem objetos no chão e que não seja muito barulhento.
  • Usar roupas confortáveis, cabelos presos e ter água por perto.
  • Ter um tapete, manta ou tolha que possa ser estendida no chão e algumas almofadas pequenas.
  • Nas aulas de balé clássico, é importante que não tenha aparelhos ligados de televisão e música no ambiente.

“Quando uso objetos, uso coisas que se tem em casa e que possam ser adaptadas à aula. O mais importante é ser pontual e estar presente, é a melhor forma de aproveitar as aulas”, lembra.

AULAS DE DANÇA À DISTÂNCIA

Sim, depois de um ano e meio de pandemia, ficar muito tempo em frente à tela se tornou mais desgastante. Mas Camila contou pra gente que preparou um plano de aulas pensando justamente nessas questões, adaptando para espaços pequenos e para que a conexão não fique cansativa. “As aulas não passam de uma hora, uma vez por semana. Não trabalho com nenhuma atividade que leve à exaustão ou que tenha muitas repetições, apesar de seguirmos uma lógica nas aulas”, diz.

“Mesmo nas aulas de balé, que há repetições de passos, a técnica é feita de maneira consciente e respeitosa com o nosso corpo”, conta. Camila explicou também para Na Ponta do PÉ mais detalhes sobre suas principais modalidades:

O ballet 30+ foi pensado para o corpo a partir de 30 anos e todas as mudanças que ocorrem nele a partir dessa idade, com exercícios eficientes e prazerosos que trabalham bastante o corpo todo, tudo isso dançando. Já conexão corporal é uma metodologia de consciência corporal que desenvolvi ao longo de mais de 10 anos dando aulas e de toda a minha história na dança e pesquisa pessoal. São exercícios que desenvolvi ao longo de anos de prática, que conectam mente e corpo, relaxam, tonificam e alongam, usando elementos de técnicas de consciência corporal e dança numa mesma aula.

 As aulas são feitas de movimentos que priorizam o prazer puro em se movimentar e estar conectado consigo. As aulas de pilates são feitas dentro do método do controle e conexão do corpo e mente idealizados pelo criador do método Joseph Pilates; elas energizam o corpo, tonificam, alongam e são uma prática excelente para a circulação sanguínea. Para quem não pode fazer atividades com impactos, por exemplo, são uma ótima opção.

As aulas de dança para crianças seguem os mesmos objetivos, adaptadas para o limite de atenção delas nas telas; são reduzidas em tempo, mas não em qualidade. As crianças e os pais estão sobrecarregados, esse momento de isolamento social mudou a vida de todas as famílias e a rotina escolar. Quero proporcionar às crianças e às suas famílias um momento de leveza, dança e conexão com o próprio corpo e com outras crianças, pois sabemos o quanto isso é importante no desenvolvimento de uma pessoa. As aulas são feitas de atividades de consciência e expressão corporal, jogos de movimentos, brincadeiras, musicalidade e, claro, muita dança.

Para Camila, o grande diferencial das aulas é a metodologia, criada através de muita prática e pesquisa, adaptada para espaços pequenos, tempo curto e ambiente virtual. “São práticas muito seguras e com o objetivo de proporcionar o prazer em se movimentar, entendendo que é o nosso corpo que nos proporciona caminhar nesse mundo. Não importam as circunstâncias que temos a nossa volta, é com ele que estamos o tempo todo, cultivar uma relação de gratidão e alegria com ele é fundamental para a nossa saúde física e mental”.

E a professora de dança completa: “o meu objetivo não é dar forma aos corpos, o objetivo é você cultivar uma relação de respeito, carinho e acolhimento, seja você adulto ou criança. Foi o que a dança me proporcionou e agora eu quero multiplicar esse lugar, do movimento, não como forma, mas como meio, como algo fundamental para o exercício da vida”.

SOBRE CAMILA ALVIM 

Professora licenciada em dança pela Universidade Candido Mendes e artista-bailarina. Pesquisadora associada ao ANDA, Associação Nacional de Pesquisadores em Dança, participou do III Encontro Científico Nacional de Pesquisadores em Dança. Deu aula como professora de dança em escolas e academias como a Bodytech e TTH Barilan onde desenvolveu um método de ensino de dança para crianças. Pesquisadora em memória do grupo de pesquisa do projeto MMD – Mobilizando Memória em Dança, coordenado por Giselle Ruiz.

Grupo que, a convite de Giselda Fernades, publicou um artigo escrito a três mãos no livro “Sobre Cisnes: Dramaturgia e Crítica” pela Gramma Editora. Formada em teatro pelo SENAC-RIO, em Pilates pelo Espaço Pilates no Rio de Janeiro e em Laban, sobre orientação de Denise Telles-Hofstra. Especialista em movimento somático, com imersões na escola de movimento somático BODY MIND CENTERING SCHOOL (EUA), e abordagens internacionais de ensino. Cursa pós em Desenvolvimento Infantil pelo CBI of Miami.

Contatos: Instagram @milaalvim e e-mail camilaalvimparadella@gmail.com.

Valores das aulas:

Ballet 30+
Terças, 9h/ R$ 237,00

Conexão Corporal
Terças, 10h15/ R$ 197,00

Pilates
Quintas, 9h/ R$ 197,00

Dança para Crianças
Quartas 9h – 3 a 6 anos (40 minutos de aula.)
Quintas 15h20 – 2 anos (30 minutos de aula, podendo ser 25, dependendo do tempo de atenção da turma. Importante lembrar que crianças muito pequenas levam tempo para se adaptar a novas rotinas)
R$ 237,00

Aula avulsa em grupos: R$ 47,00
Grupos fechados: R$ 237,00 por pessoa. Mínimo de três pessoas
Aula particular: R$ 110,00 hora/aula (pacote com 5 aulas por R$ 497,00)

Combos:
Duas modalidades adulto: R$ 347,00
Três modalidades adulto: R$ 537,00

Planos: mensal ou trimestral

Observação: haverá desconto especial na matrícula para quem participar da Semana de Aulas Abertas! Veja mais detalhes no post abaixo:

* Conteúdo patrocinado.




Postado por


COMPARTILHE:

Sobre o autor
Maíra Passos

    ÚLTIMOS POSTS:

    • Neste Dia do Frevo, confira nosso TOP 5 com passistas frevando Na Ponta do PÉ!
      Neste Dia do Frevo, confira nosso TOP 5 com passistas frevando Na Ponta do PÉ!
    • Aulas de ballet 30+, conexão corporal, dança para crianças e pilates são oferecidas pela bailarina Camila Alvim, online
      Aulas de ballet 30+, conexão corporal, dança para crianças e pilates são oferecidas pela bailarina Camila Alvim, online
    • Diálogos sobre homens na dança marcam a quinta edição do projeto Mu-Dança
      Diálogos sobre homens na dança marcam a quinta edição do projeto Mu-Dança

    Deixe um comentário

    Mensagem