Balé moderno de Pernambuco no Youth America Grand Prix
  • Cárcere, com Erika Trindade, Marina Serafim e João Oliveira | FOTO: Divulgação
    img
  •        
  • Cárcere, com Erika Trindade, Marina Serafim e João Oliveira | FOTO: Divulgação
    img
  •        
  • Cárcere, com Erika Trindade, Marina Serafim e João Oliveira | FOTO: Divulgação
    img
  •        
  • Cárcere, com Erika Trindade, Marina Serafim e João Oliveira | FOTO: Divulgação
    img
  •        

A coreografia Cárcere, de Larissa Porto, vai representar o estado na semi-final que acontece em Nova Iorque, em abril de 2015

| Texto: Marília Ferreira |

Tem balé moderno de Pernambuco numa das maiores competições do mundo, o Youth America Grand Prix, vitrine para jovens talentos de dança que esperam conseguir bolsas de estudo em escolas renomadas e sonham com carreiras internacionais.

Com duração de 3 minutos, foi a coreografia “Cárcere”, concebida pela coreógrafa Larissa Porto – uma das idealizadora do Grupo Gesttus e professora do Espaço Endança -, a única do estado aprovada na etapa seletiva do Youth America Grand Prix, realizada no último setembro, em São Paulo.

A montagem ganha vida nos passos dos jovens bailarinos e alunos do Endança Érika Trindade, João Oliveira e Marina Serafim, que irão representar Pernambuco na etapa semi-final que será realizada em abril de 2015, em Nova Iorque, nos Estados Unidos.

“Cárcere simboliza aprisionamento, onde ao mesmo tempo em que se busca a liberdade também existe a vontade de estar aprisionada ao mundo em que esses três personagens vivem. É uma luta entre prisão versus liberdade”, explica Larissa sobre a simbologia da coreografia.

Nos últimos anos, o número de bailarinos brasileiros que conquistaram êxito no evento é amplo, desde a conquista de bolsas, até premiações individuais. Com um retrospecto tão positivo, a esperança de boas oportunidades são grandes.

“Minhas expectativas são de um futuro para os bailarinos lá fora! E que o meu trabalho seja visto um futuro para os bailarinos lá fora! E que o meu trabalho seja visto também!”, conclui a coreógrafa. Abaixo, confira a apresentação em Brasília. E Na Ponta do PÉ fica na torcida! 😉




Postado por


COMPARTILHE:

Sobre o autor
Maíra Passos

    ÚLTIMOS POSTS:

    • Inspirações da bailarina do Theatro Municipal do Rio de Janeiro Liana Vasconcelos para produzir dança em casa
      Inspirações da bailarina do Theatro Municipal do Rio de Janeiro Liana Vasconcelos para produzir dança em casa
    • Cenas do Nordeste, online, traz espetáculos de dança e teatro
      Cenas do Nordeste, online, traz espetáculos de dança e teatro
    • Coreógrafo Ivaldo Mendonça se conecta com bailarinos durante a pandemia, através de fotografias
      Coreógrafo Ivaldo Mendonça se conecta com bailarinos durante a pandemia, através de fotografias

    Deixe um comentário

    Mensagem