Cena Cumplicidades traz oficinas gratuitas de dança
  • Dança em vão / Divulgação
    img
  •        
  • Dança em vão / Divulgação
    img
  •        

O projeto, que acontece de 29/11 até de 01/12, inclui também música e teatro

Dar passos ou saltos cadenciados ao som de uma música; bailar. Significados extraídos do Dicionário Aurélio para descrever o que qualquer pessoa poderá fazer entre os dias 29 de novembro e 01 de dezembro. É o projeto Cena Cumplicidades, que volta a acontecer nas cidades de Olinda e Recife, trazendo artistas de outros estados brasileiros e até mesmo internacional.

O Cena Cumplicidades é um movimento colaborativo de artistas, produtores, organizações e profissionais de diversos segmentos que se articularam sob a cumplicidade de uma mesma ideia: promover, movimentar e disseminar a cultura entre cidades do Brasil e do mundo, ao tornar estas cidades cúmplices das culturas umas das outras. O projeto conta com o apoio das prefeituras de Olinda e Recife e de instituições que respeitam e promovem a cultura. Durante esse período, além de espetáculos de dança, apresentações musicais e de teatro, haverá também oficinas gratuitas.

O professor e bailarino pernambucano, Cláudio Lacerda, vai ministrar o Workshop Dança em Vão. A oficina envolve a exploração de micro espaços, tanto na subjetividade corporal quanto na paisagem arquitetônica. Essas duas instâncias serão trabalhadas simultaneamente, como um exercício de dissolução do corpo no espaço e da fragilidade das fronteiras interno, externo e sujeito objeto; também é um exercício de dissolução da própria identidade.

Além de tentar explorar espaços de “vazamento” no ambiente urbano, como, por exemplo, frestas, reentrâncias, entradinhas, bequinhos, saliências, pórticos e outros espaços, inclusive o material desses ambientes: cimento, alvenaria, madeira, alumínios e latões, relacionando-os com as partes do corpo. Levando-se em conta que no projeto Cena Cumplicidade, as aulas serão na Casa do Turista, nos 4 Cantos de Olinda, haverá muito espaço arquitetônico para ser explorado nessa Cidade Patrimônio Histórico e Cultural da Humanidade.

A relação resultante, seja de complemento, recheio, enchimento, transbordamento, esconderijo e envolvimento de partes de casas, igrejas, prédios, casarios, postes, monumentos, vai dar oportunidade de outros olhares para o espaço e o corpo que o habita. A dissolução do corpo e da identidade no contato com esses espaços de vão é a proposta de um caminho para a autoinvestigação de movimento e autodescoberta pessoal e artística. O workshop envolve experimentação, improvisação e composição de partituras de movimento, funcionando num espiral.

De acordo com o professor Cláudio Lacerda, depois de três encontros, com 3 horas de aula cada um, os alunos estarão prontos para fazer uma bela apresentação, como conclusão do workshop. Esse fechamento acontecerá no sábado (01-12), à tarde (a partir das 16h30), com intervenções pelo Alto da Sé, também em Olinda. Para participar das oficinas basta se inscrever pelo e-mail bureaudecultura@gmail.com ou pelo telefone (81) 88371485. A inscrição é gratuita, mas o número de vagas é limitado.

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO:

Quinta (29/11)

CASA DO TURISTA (Olinda) FORMAÇÃO Oficina Dança em Vão com Cláudio Lacerda (Recife /BRA) 14h às 17h

Sexta (30/11)

CASA DO TURISTA (Olinda) FORMAÇÃO Oficina Dança em Vão com Cláudio Lacerda (Recife/BRA) 14h às 17h

Sábado (01/12)

CASA DO TURISTA (Olinda) FORMAÇÃO Oficina Dança em Vão com Cláudio Lacerda (Recife/BRA) 9h às 12h

DANÇA e FORMAÇÃO Resultado da Oficina Dança em Vão Cláudio Lacerda e os alunos da oficina (Recife/BRA) 16h30 – intervenções pelo Alto da Sé




Postado por


COMPARTILHE:

Sobre o autor
Maíra Passos

    ÚLTIMOS POSTS:

    • Na Ponta do PÉ produz série sobre a dança pernambucana na pandemia
      Na Ponta do PÉ produz série sobre a dança pernambucana na pandemia
    • Cia. de Teatro e Dança Pós-Contemporânea  d’Improvizzo Gang estreia o filme “Café”
      Cia. de Teatro e Dança Pós-Contemporânea d’Improvizzo Gang estreia o filme “Café”
    • Projeto Corpoesia traz série de videodanças inspirada na obra do poeta França de Olinda
      Projeto Corpoesia traz série de videodanças inspirada na obra do poeta França de Olinda

    Deixe um comentário

    Mensagem