Cia. Trapiá de Dança comemora 30 anos com temporada de espetáculos online
  • Cia. Trapiá | FOTO: Divulgação
    img
  •        
  • Cia. Trapiá | FOTO: Divulgação
    img
  •        
  • Cia. Trapiá | FOTO: Divulgação
    img
  •        

As exibições acontecem de 04 a 10 de outubro, através do canal do Youtube da companhia

Completando 30 anos de existência e resistência em meio a cultura popular, a Cia. Trapiá de Dança vai realizar uma temporada online especial do seu mais recente espetáculo, “O homem de sambaqui”, e “Chegança”, montagem de 1991. As exibições acontecem a partir desta segunda (04) e seguem até o dia 10 de outubro, no canal do Youtube da Trapiá

Surgida em 1989, com remanescentes do Balé Popular do Recife, o grupo vem mantendo-se ativo. Nesta temporada virtual, ainda vai promover alguns bate-papos, no Instagram @ciatrapiadedanca, com os artistas envolvidos nas obras, no intuito de fomentar a pesquisa dos criadores da dança que investem na cultura popular como matriz criativa.

Em “O homem de sambaqui”, o público poderá conferir uma montagem inspirada nas danças primitivas, expressas nas pinturas rupestres dos sítios arqueológicos, e da busca da representação da essência de um dançar genuinamente pernambucano.

Qual seria a constituição, a gênese da identidade cultural do povo de Pernambuco, o que nos faz tão singulares na nossa diversidade? Neste espetáculo, estreado no ano de 2017, de maneira totalmente independente, a companhia Trapiá conta a história dessa tribo imaginária, desde o nascimento, passando pelo cotidiano e as conexões com o presente e o futuro desse homem pernambucano pré-histórico.

Com coreografias que enfatizam os traços ameríndios e os ritmos africanos, “O homem de sambaqui”, traz a força e alegria dos autos e folguedos da cultura popular pernambucana para a cena, num enredo simples e, ao mesmo tempo, diversificado. Uma obra que retrata tempo e trajetória.

Completando a mostra virtual, “Chegança”, primeiro espetáculo do grupo, de 1991, também será exibida. A obra, que foi remontada especialmente para esta temporada comemorativa, mostra a base da pesquisa de linguagem da companhia, reunindo alguns dos principais ritmos da cultura popular nordestina.

Como o nome do grupo sugere, a companhia atravessa o tempo resistindo em meio a falta de incentivo à cultura popular. Trapiá é um nome indígena de uma fruta típica da vegetação subtropical, encontrada na aridez da caatinga, por causa da sua capacidade de sobreviver à seca.

A árvore de trapiá consegue manter a folhagem densa e verde, mesmo sem chuvas, por até seis meses. Inspirado na força e na capacidade de resistência desse fruto, a Companhia Trapiá desenvolve um trabalho de preservação e divulgação da cultura popular nordestina, por meio de suas danças tradicionais.

Para ampliar ainda mais o contato do público ao conteúdo da temporada, Trapiá vai disponibilizar intérprete em Libras e mobilizar pessoas surdas para assistirem as obras, num movimento de incentivo e fomento ao acesso democrático a cultura.

SERVIÇO:

Temporada virtual 30 anos da Trapiá
Quando: 4 a 10 de outubro
Onde: Youtube da Trapiá

Lives com integrantes
Quando: 9 e 10 de outubro
Horário: sempre às 20h
Onde: Instagram @ciatrapiadedanca

Canal Na Ponta do PÉ no YouTube

Já se inscreveu no nosso canal do YouTube? Se inscreve para conferir vídeos de dança, entrevistas com bailarinos, cobertura de espetáculos e muito mais sobre o mundo dançante! =) youtube.com/napontadope

APOIE NA PONTA DO PÉ

Ajude Na Ponta do PÉ a continuar divulgando a dança, através de conteúdo jornalístico de qualidade. Doações para ajudar a manter nossa redação podem ser feitas via PIX – chave/e-mail: redacao@napontadope.com. Colabore com qualquer valor, a partir de R$ 1,00. Caso possa contribuir, manda um oi pra gente por e-mail (com o comprovante), pois queremos agradecer diretamente e te adicionar na nossa listinha especial de colaboradores. ❤️




Postado por


COMPARTILHE:

Sobre o autor
Maíra Passos

    ÚLTIMOS POSTS:

    • Psicóloga e bailarina fala sobre o medo de voltar a dançar, após isolamento social
      Psicóloga e bailarina fala sobre o medo de voltar a dançar, após isolamento social
    • Cia. Trapiá de Dança comemora 30 anos com temporada de  espetáculos online
      Cia. Trapiá de Dança comemora 30 anos com temporada de espetáculos online
    • Companhias de dança popular se apresentam no projeto Magia do Frevo, via live
      Companhias de dança popular se apresentam no projeto Magia do Frevo, via live

    Deixe um comentário

    Mensagem