Ciganos são tema de espetáculo de dança moderna
  • Optchá, do Gesttus | FOTO: Divulgação
    img
  •        
  • Optchá, do Gesttus | FOTO: Divulgação
    img
  •        
  • Optchá, do Gesttus | FOTO: Divulgação
    img
  •        
  • Optchá, do Gesttus | FOTO: Divulgação
    img
  •        

Optchá, do Gesttus Grupo de Dança, será apresentado neste sábado, no Teatro Luiz Mendonça

Significando saudação entre os ciganos, Optchá é tema de espetáculo de dança moderna do Gesttus Grupo de Dança, que se inspirou nesse povo vibrante, místico e livre.  Com estreia no ano passado, a montagem  será apresentada novamente neste sábado (10), no Teatro Luiz Mendonça.

Com idealização e direção geral das irmãs Larissa e Vannina Porto, o espetáculo conta com 38 bailarinos em cena.  Eles serão embalados por músicas que trouxessem o DNA cigano em suas composições. “Fomos buscar canções de locais por onde o povo cigano viveu, como Turquia por exemplo”, explicam as diretoras. Além de Larissa e Vannina, Optchá conta com coreografias de Mayara Mesquita.

A montagem tem 1 hora de duração e censura livre. Já os ingressos custam R$ 20,00, à venda com os integrantes do grupo ou na bilheteria do teatro, que fica no Parque Dona Lindu, na Avenida Boa Viagem, s/n, Boa Viagem. Mais informações: gesttus.grupo@gmail.com.




Postado por


COMPARTILHE:

Sobre o autor
Maíra Passos

    ÚLTIMOS POSTS:

    • Na Ponta do PÉ produz série sobre a dança pernambucana na pandemia
      Na Ponta do PÉ produz série sobre a dança pernambucana na pandemia
    • Cia. de Teatro e Dança Pós-Contemporânea  d’Improvizzo Gang estreia o filme “Café”
      Cia. de Teatro e Dança Pós-Contemporânea d’Improvizzo Gang estreia o filme “Café”
    • Projeto Corpoesia traz série de videodanças inspirada na obra do poeta França de Olinda
      Projeto Corpoesia traz série de videodanças inspirada na obra do poeta França de Olinda

    Deixe um comentário

    Mensagem