Coreógrafo Ivaldo Mendonça se conecta com bailarinos durante a pandemia, através de fotografias
  • Bailarinos em casa | FOTO: Divulgação
    img
  •        
  • Bailarinos em casa | FOTO: Divulgação
    img
  •        
  • Bailarinos em casa | FOTO: Divulgação
    img
  •        
  • Bailarinos em casa | FOTO: Divulgação
    img
  •        

A proposta foi desenvolvida com um grupo de amigos e profissionais de dança, que dançaram coreografias iguais e fotografaram no mesmo ângulo

Com o objetivo de juntar amigos que já tiveram alguma relação artística ao longo de suas carreiras e dar continuidade a arte de dançar mesmo em meio a uma pandemia, o bailarino e coreógrafo Ivaldo Mendonça, criou um projeto coreográfico para as redes sociais.

Nele, diferentes artistas executaram coreografias iguais e fotografaram este momento. Os registros foram unidos em uma única imagem, mostrando a conexão existente entre eles, apesar de estar todos longe um do outro por causa do isolamento social necessário devido ao novo coronavírus.

“O que me motivou para criar este projeto, na verdade, foram todos artistas, que como quase tudo no Brasil está parado. Todas essas pessoas têm alguma relação direta comigo e a ideia central foi unir essas pessoas que já passaram por mim, seja em aula, dançando meu trabalho ou comigo”, conta o coreógrafo Ivaldo Mendonça.

“E essas fotos, de alguma forma, estão em um lugar político, falam muito do nosso momento atual, que é direcionado pelo nosso passado. É passado e presente juntos e, muitas vezes, colocado de forma infeliz”, explica Ivaldo sobre a concepção do projeto. A ideia não foi intitulada e ele explica o motivo: “em geral, não colocamos muitos textos ou até mesmo nome para deixar que cada pessoa faça sua própria leitura sobre cada foto e o que ela quer falar”, revela.

Segundo o coreógrafo, “são fotos com múltiplas interpretações e cheias de lacunas para dar essa possibilidade de a foto conversar com o público e o público fazer sua própria interpretação sobre a imagem”. Para Ivaldo, foi difícil chegar ao resultado final. “Foi muito trabalhoso, porque cada um em sua casa precisava atingir o mesmo ângulo de fotos que todos os outros”.

Foram 14 bailarinos envolvidos para fazer a obra acontecer. São eles: Ivaldo Mendonça, Kleber Cândido, Dielson Pessoa, Marcelos Lopes, Sérgio Galdino, Fernando Gomes, Fernanda D’Angelo, Taynanda Carvalho, Mieja Chang, Juliana Siqueira, Adriana Bandeira, Anne Costa, Janaína Gomes, Dani Malta Sabbath e Januária Finizola. Todos eles executaram o projeto de suas próprias casas. Mais imagens no Instagram @ivimendonca.

Sobre Ivaldo Mendonça

Ivaldo Mendonça começou sua formação em dança clássica em 1986, na Carol Lemos Dançarte, no Recife (PE) e dançou importantes repertórios clássicos pela escola. Ingressou na Cia. dos Homens (PE) em 1989, onde também executou executar coreografias marcantes. Já em 1996, passou a integrar o corpo de bailarinos da Deborah Colker (RJ), uma das companhias de dança contemporânea mais renomadas do Brasil e do mundo.

Com a Cia. Deborah Colker, passou muitos anos ali levando seu trabalho pelo Brasil e também para diferentes países, como Estados Unidos, França, Inglaterra, Portugal, Canadá, Argentina, Colômbia e Singapura. Em 2001, ele foi para a Diadema Cia. de Danças (SP), onde realizou importantes trabalhos. Ivaldo está há seis anos coordenando o Projeto Passo Certo (PR), mas fica alguns meses no Recife a cada ano. Além disso, ele está fazendo parcerias com o Balé da Cidade de Niterói (RJ).




Postado por


COMPARTILHE:

Sobre o autor
Aline Antunes

    ÚLTIMOS POSTS:

    • Meia Ponta e Mundo Bailarinístico realizam workshop sobre conteúdo de balé e mídias sociais
      Meia Ponta e Mundo Bailarinístico realizam workshop sobre conteúdo de balé e mídias sociais
    • MOC Dança PE realiza quarta edição virtualmente
      MOC Dança PE realiza quarta edição virtualmente
    • Inspirações da bailarina do Theatro Municipal do Rio de Janeiro Liana Vasconcelos para produzir dança em casa
      Inspirações da bailarina do Theatro Municipal do Rio de Janeiro Liana Vasconcelos para produzir dança em casa

    Deixe um comentário

    Mensagem