Metodologia didática para professores de balé clássico
  • Jane Dickie | Divulgação
    img
  •        
  • Jane Dickie | Divulgação
    img
  •        

O curso, ministrado pela professora Jane Dickie, será de 01 a 02 de julho, no Spasso Dança 

Nos próximos dias 01 e 02 de julho, no Spasso Dança (Casa Forte, Recife), acontece o curso de metodologia didática voltada para professores de balé clássico. As aulas  serão ministrada pela professora  Jane Dickie, que vai abordar sobre os saberes fundamentais para o ensino-aprendizagem da dança clássica.

De natureza teórica e prática, baseado nos princípios metodológicos de Agrippina Vaganova, a proposta do curso é ampliar  competências pedagógicas ao compreender, praticar e avaliar a utilização de um método em diversos níveis de aprendizagem. No conteúdo, danças a caráter, danças folclóricas e balés de repertórios.

Com carga horária de 12 horas, há apostila e certificado. As aulas acontecem das 9h30 às 12h30 e das 14h30 às 17h30, nos dois dias. O investimento é de R$ 540, à vista, ou R$ 600, parcelado em três vezes. O Spasso Dança – Escola de Dança e Arte fica na av. Flôr de Santana, 310, Recife- PE. Mais informações: (81) 99762.6903, 98798.2289 e cursorecifemetodologiavaganova@gmail.com.

JANE DICKIE – Professora de balé clássico, com especialização em metodologia da técnica de dança clássica (Vaganova). É ex-solista da Cia. Palácio das Artes (MG), concursada do Theatro Municial do Rio de Janeiro e já  atuou como professora de balé da Escola do Teatro Bolshoi no Brasil.




Postado por


COMPARTILHE:

Sobre o autor
Maíra Passos

    ÚLTIMOS POSTS:

    • Na Ponta do PÉ produz série sobre a dança pernambucana na pandemia
      Na Ponta do PÉ produz série sobre a dança pernambucana na pandemia
    • Cia. de Teatro e Dança Pós-Contemporânea  d’Improvizzo Gang estreia o filme “Café”
      Cia. de Teatro e Dança Pós-Contemporânea d’Improvizzo Gang estreia o filme “Café”
    • Projeto Corpoesia traz série de videodanças inspirada na obra do poeta França de Olinda
      Projeto Corpoesia traz série de videodanças inspirada na obra do poeta França de Olinda

    Deixe um comentário

    Mensagem