Cursos gratuitos para frevar em janeiro, no Paço do Frevo
  • Deca Madureira | FOTO: Divulgação
    img
  •        
  • Júnior Viégas | FOTO: Elen Rodrigues
    img
  •        

Inscrições estão abertas para crianças e adultos participarem de quatro oficinas de danças, customização de La Ursa e intensivo de Frevo

Museu vivo, onde o Frevo faz morada ao longo de todo o ano, o Paço do Frevo sabe que, em janeiro, a contagem regressiva para o Carnaval torna ainda mais latente a vontade de seus visitantes caírem no passo. No ritmo da folia, o Paço anuncia inscrições abertas para os cursos que vão preparar crianças e adultos para saírem frevando nos dias de Momo – e nos outros dias também! Tem intensivo de Frevo, customização de La Ursa, danças do ciclo carnavalesco, tudo de graça, com vagas limitadas. Confira!

CICLO CARNAVALESCO NA METODOLOGIA BRASÍLICA

Deca Madureira, fundador da Cia Brasílica e cria do Balé Popular do Recife, realiza workshop para o público acima de 16 anos interessado em danças e expressões artísticas populares do ciclo carnavalesco. Dias 10 e 11 de janeiro, das 14h às 18h, é hora de ampliar o repertório artístico e cultural para reconhecer a diversidade cultural do povo brasileiro e suas danças, sob a ótica da metodologia Brasílica. Deca vai estimular a troca das experiências entre os participantes do encontro, com foco no desenvolvimento do corpo brincante e da memória cognitiva a partir das linguagens que se relacionam nas danças brasileiras (dança e expressão do corpo, música e ritmo, jogos e brincadeiras), proporcionando a experimentação livre e composição coreográfica. Também haverá contextualização sobre os folguedos, sua origem e história. A inscrição é gratuita e deve ser feita clicando aqui.

SOLETRANDO O FREVO

A oficina ‘Soletrando o Frevo’ é uma experiência imersiva e educativa projetada para que as crianças vivenciem a rica tradição do Frevo. Através de atividades práticas e envolventes, meninos e meninas terão a oportunidade de mergulhar na história, nos ritmos contagiantes e nos passos característicos da dança. As aulas serão ministradas por Angélica Lins, passista da Orquestra Popular do Recife, bailarina e percussionista. Haverá duas turmas: de 17 a 19 de janeiro, para crianças entre 5 e 7 anos; de 24 a 26 de janeiro, para as de idade entre 8 e 10, sempre das 15h às 16h30. São 15 vagas por turma. Gratuita, a inscrições estão sendo realizadas clicando aqui.

MINHA ARTE NA MINHA LA URSA

Que tal pintar, de forma autoral, as cabeças de La Ursa produzidas por Julião Filho, responsável pelo legado do artesão olindense Julião das Máscaras, ícone do elemento tão típico do nosso Carnaval? Na oficina ‘Minha arte na minha La Ursa’, a artista plástica Geo Andrade junto a Zanza Costa e Thiago Monteiro apresentarão a técnica Naif de arte. Com tinta acrílica, o participante dará originalidade e beleza personalizada à sua La Ursa. As possibilidades de desenhos, pinturas e composições na decoração das máscaras, assim como o contexto sociocultural da La Ursa, serão abordados. As aulas acontecem nos dias 24, 25 e 26 de janeiro, das 14h às 18h. São 30 vagas gratuitas para pessoas acima de 10 anos. Inscrição aqui.

INTENSIVO DE FREVO PRÉ-CARNAVAL

A oficina gratuita ‘Frevo pras ladeiras’ é um intensivão de Frevo para quem quer garantir um preparo mais específico quando o assunto é dançar no Carnaval. Abrangendo passos dos níveis básico e intermediário, a atividade será conduzida estimulando o condicionamento físico e a aprendizagem dos códigos da dança. Também contempla momentos de improviso, para que o participante possa expressar o Frevo do seu próprio jeito, levando em consideração sua subjetividade e preferências artísticas. Júnior Viégas, passista, coreógrafo e educador, conduzirá as aulas, dias 31 de janeiro, 1º e 2 de fevereiro, das 19h às 21h. Interessados, a partir de 16 anos, podem se inscrever para uma das 40 vagas disponíveis, clicando aqui.

SOBRE O PAÇO DO FREVO

Reconhecido pelo Iphan como centro de referência em ações, projetos, transmissão, salvaguarda e valorização de uma das principais tradições culturais do Brasil, o Frevo. Patrimônio imaterial pela Unesco e pelo Iphan, o Frevo é um convite à celebração da vida, por meio da ativação de memórias, personalidades e linguagens artísticas, que no Paço do Frevo encontram seu lugar máximo de expressão, na manutenção de ações de difusão, pesquisa e formação nas áreas da dança e da música, dos adereços e das agremiações do Frevo.

O Paço do Frevo é uma iniciativa da Fundação Roberto Marinho, com realização da Prefeitura do Recife, por meio da Fundação de Cultura da Cidade do Recife e da Secretaria Municipal de Cultura, e gestão do Instituto de Desenvolvimento e Gestão (IDG). Por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, a Lei Rouanet, tem o patrocínio master do Nubank, o papel de mantenedor do Instituto Cultural Vale e o copatrocínio do Grupo SulAmérica. Conta com o apoio do Grupo Globo e da White Martins.

SERVIÇO

Paço do Frevo – Praça do Arsenal da Marinha, s/n, Bairro do Recife, Recife
Horários: Terça a sexta, 10h às 17h | Sábado e domingo, 11h às 18h
Ingressos: R$ 10 e R$ 5 (meia) – entrada gratuita às terças-feiras
*Confira aqui a política de gratuidade do museu

Veja nossa playlist de FREVO! 

Para acompanhar #NaPontadoPÉ nas redes:

Instagram: @canalnapontadope
YouTube: youtube.com/napontadope
Facebook: @canalnapontadope
Tik Tok: @napontadope




Postado por


COMPARTILHE:

Sobre o autor
Maíra Passos

    ÚLTIMOS POSTS:

    • Cia Devir traz o projeto “Circo com Frevo na Rua”, que conta com apresentações gratuitas
      Cia Devir traz o projeto “Circo com Frevo na Rua”, que conta com apresentações gratuitas
    • Confira vídeo do Concurso de Passistas de Frevo do Recife 2024, da categoria masculino adulto
      Confira vídeo do Concurso de Passistas de Frevo do Recife 2024, da categoria masculino adulto
    • Cursos gratuitos para frevar em janeiro, no Paço do Frevo
      Cursos gratuitos para frevar em janeiro, no Paço do Frevo

    Deixe um comentário

    Mensagem