Espetáculo de dança reverte bilheteria para o Método Canguru, do IMIP
  • Um dançar para o Calunga | FOTO: FOTO André Ferreira
    img
  •        
  • Orum Aiê | FOTO: Sidney Vieira
    img
  •        
  • Orum Aiê | FOTO: Sidney Vieira
    img
  •        
  • Orum Aiê | FOTO: Sidney Vieira
    img
  •        
  • Orum Aiê | FOTO: Sidney Vieira
    img
  •        
  • Um dançar para o Calunga | FOTO: FOTO André Ferreira
    img
  •        

Criart Cia de Dança apresenta Orum Aiê para arrecadar dinheiro para o projeto com recém-nascidos. Será no dia 01/06, no Teatro do IMIP (Recife, PE)

Dança e solidariedade em cena. A Criart Cia de Dança, de Olinda (PE), apresenta o espetáculo Orum Aiê com o intuito de arrecadar dinheiro para o Método Canguru, projeto do IMIP  que atua no tratamento de bebês recém-nascidos com humanização. Será no dia 01 de junho (sábado), às 19h30, no Teatro do IMIP.

Estreado em 2007 e idealizado pela coreógrafa Paula Azevedo, Orum Aiê é inspirado no legado que os navios negreiros trouxeram para o Brasil, como a fé, cultura e tradições africanas. A obra, com 45 min de duração, conta com figurino assinado por Ricardo Angeiras e direção musical de Fabrício Belo.

Tendo passos de dança popular com uma leitura contemporânea, o espetáculo procura estabelecer relação entre os dois planos da existência: o Orum, mundo mítico do passado remoto, a morada dos deuses, dos antepassados; e o Aiê, o mundo dos homens, o do tempo presente.

Para abrir a noite solidária, a Criart traz ainda quadros do espetáculo Um dançar para o Calunga (2017), espetáculo que homenageia o Homem da Meia Noite. No elenco, bailarinos profissionais da companhia e participação de alunos da escola, da turma de dança popular avançada.

Os ingressos custam R$ 20,00 (meia entrada) e R$ 40,00 (inteira), à venda na sede da Criart Cia de Dança (Rua Cel João Manguinhos, 290, Bairro Novo), no IMIP – Unidade Canguru (Rua dos Coelhos, 300, Boa Vista) e quiosques IMIP da Ferreira Costa (Tamarineira e Imbiribeira) e shoppings Recife, Guararapes, Tacaruna e Patteo. Bilheteria será revertida para o Método Canguru.

SERVIÇO

Espetáculo Orum Aiê – Doação para o Método Canguru
Quando: sábado, 01 de junho de 2019
Horário: às 19h30
Onde: Teatro do IMIP – Rua dos Coelhos, nº 300, Boa Vista, Recife
Ingressos: R$ 20,00 (meia entrada) e R$ 40,00 (inteira), à venda na sede da Criart Cia de Dança (Rua Cel João Manguinhos, nº 290, Bairro Novo, Olinda), no IMIP – Unidade Canguru e quiosques IMIP da Ferreira Costa (Tamarineira e Imbiribeira) e shoppings Recife, Guararapes, Tacaruna e Patteo.
Informações: (81) 3011.0487

SOBRE O MÉTODO CANGURU

A Unidade Neonatal do IMIP foi pioneira no Brasil quando, em 1994, implantou o Método Canguru, servindo de modelo para o Ministério da Saúde,  disseminando o modelo nas maternidades brasileiras. Foi reconhecido pelo Ministério da Saúde como o primeiro Centro de Referência Nacional.

O método é fundamental para o aleitamento, vinculo afetivo e humanização no tratamento dos bebês recém-nascidos. O projeto atende gratuitamente, através de verba do SUS e de doações. As atividades do projeto são realizadas pelo IMIP na Unidade de Tratamento Intensivo Neonatal (UTIN) e na Unidade de Cuidados Intermediários Neonatal (UCIN), tendo os pais livre acesso e podendo permanecer 24h na unidade.

A estrutura do serviço conta com berçário na unidade interna com 32 leitos de UCIN e 18 leitos de UTIN. São 52 leitos de alojamento conjunto. Após a alta, (recém-nascido com peso maior que 2,5 kg) ele permanece em acompanhamento até 14 anos. Nos primeiros anos as crianças são acompanhadas por uma equipe interdisciplinar: fonoaudióloga, fisioterapeuta, assistente social, psicóloga, terapeuta ocupacional, neurologista, nutricionista e pediatra. Mais informações: canguru@imip.org.br.

 




Postado por


COMPARTILHE:

Sobre o autor
Maíra Passos

ÚLTIMOS POSTS:

  • Conheça a história do frevo, sua dança e vertentes
    Conheça a história do frevo, sua dança e vertentes
  • Bailarinos, atenção ao compartilhar maquiagem no camarim
    Bailarinos, atenção ao compartilhar maquiagem no camarim
  • Um pano que limpa o tempo tem nova apresentação no Recife
    Um pano que limpa o tempo tem nova apresentação no Recife

Deixe um comentário

Mensagem