Espetáculos de dança fazem parte da programação do 28º Janeiro de Grandes Espetáculos
  • Tijolos de esquecimento | FOTO: Rogério Alves
    img
  •        
  • Bammm | FOTO: Crédito Rondinelle de Paula
    img
  •        
  • Perdedora | FOTO: Juan José Palenzuela
    img
  •        
  • Hapo | FOTO: Matheus Buranelli
    img
  •        
  • Punch | FOTO: Fernanda Ruíz
    img
  •        

A edição de 2022 do festival acontece em cinco cidades de Pernambuco, contando com apresentações virtuais e presenciais, até 31/01

A arte virá, pelo segundo ano, como um alento em um momento tão delicado de nossa história. Cumprindo todos os protocolos sanitários anunciados pelo Governo de Pernambuco, entre eles a capacidade limitada a 50% do público nos teatros, o Janeiro de Grandes Espetáculos vai desta quarta (12) até 31 de janeiro.

O tradicional festival de artes cênicas e música de Pernambuco conta com mais de 70 atrações. Dança faz parte do festival, contando com apresentação dos espetáculos Tijolos de Esquecimento (Grupo Acupe, PE), Kamba Ra’anga o La Transfiguración de un Negro (Hugo Rojas, Paraguay), Perdedora (Ximena Carnevale, Argentina/Espanha), Punch (Pepo Silva/ La Mutante Co, Santiago, Chile) e BAMMM, do Balé da Cidade de Campina Grande (PB). A programação completa esta no site do JGE.

O Janeiro de Grandes Espetáculos conta com apresetações de grupos locais, nacionais e internacionais de teatro, música, dança e circo, sendo esta linguagem uma das novidades deste ano. No Recife, as apresentações acontecem em nove teatros: Santa Isabel, Parque, Luiz Mendonça, Barreto Júnior, Apolo, Hermilo Borba Filho, Marco Camarotti, Boa Vista e no Teatro RioMar. E o evento mantém a proposta de interiorização de suas ações, com apresentações em cinco cidades do Grande Recife e interior.

O JGE é apresentado pela Prefeitura do Recife, por meio da Fundação de Cultura do Recife e Secretaria de Cultura, com o patrocínio da Copergás. A realização é da Apacepe, com produção geral da Paulo de Castro Produções, produção executiva da Fervo Projetos Culturais, Roda Cultural e Cordas Cênicas. Parceria Cia. de Eventos Lionarte, TV e Rádio Universitária e TV Pernambuco e apoio da CEPE, Sesc Pernambuco, RioMar Recife e Virtual Recife.

PROGRAMAÇÃO DE DANÇA

Sexta, 14/01, às 19h
Tijolos de Esquecimento – Acupe Grupo de Dança (Recife, PE)
Local: Teatro do Parque | Recife
18 anos
Duração: 45min

Uma imersão no imaginário urbano a partir da obra do escritor italiano Ítalo Calvino “Cidades Invisíveis”, na qual a cidade deixa de ser um conceito geográfico para se tornar o símbolo complexo e inesgotável da existência humana. A memória, as identificações, as disputas, as ruas, becos, esquinas, o afeto, o abandono, a transgressão, as contradições estão neste trânsito congestionado, desordenado, pertencente ao espaço urbano.

Ficha Técnica:
Direção: Paulo Henrique Ferreira
Coreografias: O grupo em processo colaborativo
Direção de Arte: Marcondes Lima
Dramaturgia e texto: Flávia Gomes
Intérpretes criadores: Cllau Soares, Mieja Chang, Rodrigo Gomes , Silas Samarky e Valéria Barros.
VJ e criação de vídeos: Alberto Saulo
Sonoplastia: Rodrigo Porto Cavalcanti
Iluminação: Luciana Raposo

Sábado, 15/01, às 19h
Kamba Ra’anga o La Transfiguración de un Negro – Hugo Rojas
Assunção (Paraguai)
Local: Teatro Hermilo Borba Filho | Recife
Livre
Duração: 40min

No espetáculo, predomina a dança contemporânea, atravessada por elementos do teatro, apoiada por uma encenação visual e sonora concebida para ela. É uma obra cênica dos nossos tempos que indaga e reflete sobre a tradição, a simbologia e o atual estado de Kamba Ra’anga, máscaras de madeira de tradição paraguaia. De como a “transfiguração” permite a liberação de certas restrições da vida cotidiana e contraria os “bons costumes” impostos socialmente.

Ficha técnica:
Ideia Original e Intérprete: Hugo Rojas
Direção: Roberto Cardozo
Produção: Ro.Ca Producciones
Assistência de Produção: Nastia Goiburú
Assistência Cênica: Sergio Nuñez
Design de Iluminação: Santiago Schaerer
Figurino: Rolando Rasmussen
Fotografia e Design Gráfico: Dani González
Difusão: Nata Alvarenga
Registro Audiovisual: Frank Parsouth

Domingo, 16/01, às 19h
Hapo [Raíces] – Hugo Rojas (Paraguay)
Local: Teatro Hermilo Borba Filho | Recife
16 anos
Duração: 17min

A partir de uma tentativa de resgate e valorização da herança dos povos indígenas, africanos e mestiços para a cultura paraguaia, o trabalho apresenta um indivíduo que explora os caminhos que se cruzam e se entrelaçam como raízes de uma árvore. Através da dança, da palavra e do simbolismo, a obra celebra a presença e influência afro na história do povo paraguaio, tornando mais visíveis as comunidades afrodescendentes hoje reconhecidas, como também aquelas que foram retiradas da história oficial.

Ficha técnica:
Ideia, Coreografia e Intérprete: Hugo Orlando Rojas Díaz.
Assistência Histórica: Ignacio Telesca.
Assistência Dramática: Roberto Cardozo
Música: Lazaro Medina, Chango Spasiuk, Ori Lichtik e Jonatan Szer.
Figurinos e Instalação: Rolando Rasmussen
Designer de Luz: Santiago Schaerer.

Quinta, 20/01, às 20h
Perdedora – Ximena Carnevale (Argentina/Espanha)
Local: Youtube do JGE
Duração: 50 min

O trabalho é a história do corpo-memória da bailarina. Uma viagem ao compromisso incansável com a dança: da disciplina ao movimento que dá origem a tudo. Uma história que transcende o biográfico para abordar as profundezas universais que mantemos com nossos objetivos e suas consequências.

Ficha técnica:
Ideia, Coreografía e Interpretación: La Perdedora
Dramaturgia e Assistência de Direção: Ramón Gázquez
Música Original: Lüüü
Espaço Sonoro:: Kitty Soul
Desenho de Iluminação: Tama
Textos: Cristian Alcaraz
Fotografia e Cartaz: Martín de Arriba
Colaboradores: Fran Coronado (Ajustes de Cenografia) e Oigovisiones Label (Ayte. Producción)

Sexta, 21/01, às 20h
Punch – Pepo Silva/ La Mutante Co (Santiago, Chile)
Local: Youtube do JGE
14 anos
Duração: 30min Dança

Pensando a dança como ato de sobrevivência e impacto, capaz de revidar as violências e construir novos caminhos, “Punch” acontece como um espaço de atenção, invocando e percebendo o imaterial como um impulso para chocar, bater, encontrar, impactar. Tem um desejo político de mudanças radicais, uma urgência que precisa ser vivida, assumir a responsabilidade por nossas infecções e por aqueles que não o fazem. A construção de um exercício cênico que investiga como transformar o golpe, proveniente do impacto, em insumos para reativar a mobilidade do ser humano, despertar as potências e gerar um convite a dançar as urgências do(s) nosso(s) contexto(s) atual(is).

Ficha técnica:
Direção: Pepo Urrea Silva – La Mutante CO
Assistência de Direção: Alexandra Mabes
Cocriadorxs/Performers: Pedro Tugas, Ninoska Soto, Jorge Olivera e Felipe Allende
Pesquisa e Criação Audiovisual: Bruno Torres Meschi
Pesquisa e Criação de Figurino: Daniel Bagnara Mena
Mixagens Sonoras: Pepo Urrea Silva. Sons Ao Vivo: José Gelcich
Fotografias: Fernanda Ruíz. Direção Técnica: Equipe Técnica do NAVE
Apoio e Agradecimento: Equipe NAVE – GAM Center, Convocatória Artes Vivas 2019 e Convocatória Circo y Danza 2020

Sábado, 22/01, às 19h
BAMMM – Balé da Cidade de Campina Grande (PB)
Local: Teatro Luiz Mendonça | Recife

“Bammm” é inspirado na teoria do Big Bang e, por meio dos corpos dos bailarinos, aborda questões como a origem e a expansão do universo. O desenho de iluminação e a trilha sonora são originais e, em conjunto com a proposta coreográfica, têm um papel importante na dramaturgia da obra.

Ficha técnica:
Coreografia: Alexandra Mabes e Mari Paula
Direção Artística e Produção Executiva: Erasmo Rafael
Iluminação: Napoleão Gutemberg
Trilha Sonora Original: Jaime Peña
Bailarinos: Cas Silva, Jardel Melo, Jessica Oliveira, Marley Lucena e Stênyo Pablo
Equipe de Produção: Fanny Rodrigues, Carol Vieira e Allef Connery
Ensaiador e Professor de Ballet: Romero Motta Fotografias: Rondinelle de Paula
Assessoria de Imprensa: Maria Zita Almeida
Costureiras: Luciana e Lucélia Monteiro

Já se inscreveu no nosso canal do Youtube? Se inscreve para conferir entrevistas, coberturas de espetáculos e muitos vídeos de DANÇA! Acessa: youtube.com/napontadope




Postado por


COMPARTILHE:

Sobre o autor
Maíra Passos

    ÚLTIMOS POSTS:

    • Espetáculos de dança fazem parte da programação do 28º Janeiro de Grandes Espetáculos
      Espetáculos de dança fazem parte da programação do 28º Janeiro de Grandes Espetáculos
    • Espetáculo O Quebra Nozes, produzido pelo Studio de Danças e Pina Ballet Hall
      Espetáculo O Quebra Nozes, produzido pelo Studio de Danças e Pina Ballet Hall
    • Os vídeos mais curtidos do Festival de Vídeos de Dança Na Ponta do PÉ!
      Os vídeos mais curtidos do Festival de Vídeos de Dança Na Ponta do PÉ!

    Deixe um comentário

    Mensagem