Goiana recebe Mostra de Dança do Sesc
  • Meia Noite | FOTO: Rogério Alves
    img
  •        
  • Meia Noite | FOTO: Rogério Alves
    img
  •        
  • Meia Noite | FOTO: Rogério Alves
    img
  •        

Com o tema “Corpo originário de um povo ancestral”, a programação vai de 26 a 29 de abril, no Centro Cultural Antônio Corrêa de Oliveira

Proporcionando um espaço para reflexões e práticas artísticas, tem início, nesta sexta-feira (26), a terceira edição da Mostra Sesc Ler Goiana de Dança. A programação segue até o dia 29 de abril, com espetáculos, oficinas e mesa de debate, no Centro Cultural Historiador Antônio Corrêa de Oliveira, em Goiana (PE). Algumas atividades serão gratuitas e outras terão entradas com valores populares.

Este ano, com o tema “Corpo Originário de um Povo Ancestral”, a mostra se propõe a explorar as raízes da diversidade cultural pernambucana. “Nesta edição, lançamos um olhar local sobre as várias formas de usos do corpo no espaço cênico, abrangendo toda a riqueza artística do nosso estado”, conta a organizadora do projeto, Letícia Morais.

A programação começa na sexta-feira (26), com o Pastoril Viver, formado pelo grupo de idosos da unidade, que fará uma apresentação às 15h. No sábado (27), às 17h30, será realizada a mesa de debate “Pensando no Corpo Ancestral”, com a professora de dança Maria Acselrad (UFPE); Mestre Nelson, do Caboclinho 7 Flechas e patrimônio vivo de Pernambuco; o consultor cultural Osmar Barbalho; Peu do Maracatu; e a índia mestra da tribo Tabajaras, Dona Jucedi. As duas atividades são gratuitas.

Já no domingo (28), às 18h, o intérprete Orun Santana apresenta o solo “Meia Noite”. O ingresso custa R$ 10, com meia-entrada para trabalhadores do comércio de bens, serviços e turismo e dependentes. E na segunda (29), haverá duas apresentações. A primeira consiste em uma experimentação da Turma de Dança para a Terceira Idade, do Sesc, às 14h. A segunda é o espetáculo “Em Movimento”, do Grupo Moendança, também da unidade, a partir das 19h. Ambas serão abertas ao público.

Oficinas

A mostra vai oferecer duas oficinas. Uma delas, sobre o tema “Formas e as forças dos caboclinhos”, será ministrada por Maria Acselrad e Eliel Fernando no dia 27, das 9h às 17h. No dia seguinte, das 9h às 12h, o dançarino Orun Santana ministrará a ação formativa “Vivências Malungas”, em que vai abordar histórias do imaginário afro-brasileiro que ajudam a construir imagens do corpo negro na dança. Os interessados devem se inscrever até o dia 26 no Ponto de Atendimento da unidade. A inscrição custa R$ 10. Trabalhadores do comércio e dependentes têm desconto e pagam R$ 5.

Serviço

3ª Mostra Sesc Ler Goiana de Dança
Quando: de 26 a 29 de abril de 2019
Onde: Teatro Antônio Corrêa de Oliveira, Sesc Ler Goiana, Rua do Arame, s/n, Centro
Informações: (81) 36265961
www.sescpe.org.br

Programação

Espetáculos
26/4 – 15h | Espetáculo “O Pastoril” – Pastoril Viver (Sesc Ler Goiana) | Entrada gratuita
27/4 – 17h30 | Mesa de debate “Pensando no Corpo Ancestral” | Entrada gratuita
28/4 – 18h | Espetáculo “Meia Noite”, com Orun Santana | Valores: R$ 10 (público geral) e R$ 5 (trabalhadores do comércio e dependentes)
29/4 – 14h | Experimentação da Turma de Dança para a Terceira Idade | Entrada gratuita
19h | Espetáculo “Em Movimento” – Moendança (Sesc Ler Goiana) | Entrada gratuita

Oficinas
27/4 – 9h às 17h | Formas e as Forças dos Caboclinhos, com Maria Acselrad e Eliel Fernando
28/4 – 9h às 12h | Vivências Malungas, com Orun Santana
Inscrições: até o dia 26 de abril, no Ponto de Atendimento da unidade
Valores: R$ 10 (público geral) e R$ 5 (trabalhadores do comércio e dependentes)




Postado por


COMPARTILHE:

Sobre o autor
Maíra Passos

    ÚLTIMOS POSTS:

    • Inspirações da bailarina do Theatro Municipal do Rio de Janeiro Liana Vasconcelos para produzir dança em casa
      Inspirações da bailarina do Theatro Municipal do Rio de Janeiro Liana Vasconcelos para produzir dança em casa
    • Cenas do Nordeste, online, traz espetáculos de dança e teatro
      Cenas do Nordeste, online, traz espetáculos de dança e teatro
    • Coreógrafo Ivaldo Mendonça se conecta com bailarinos durante a pandemia, através de fotografias
      Coreógrafo Ivaldo Mendonça se conecta com bailarinos durante a pandemia, através de fotografias

    Deixe um comentário

    Mensagem