MOC Dança PE realiza quarta edição virtualmente
  • MOC Dança PE | FOTO: Divulgação
    img
  •        
  • MOC Dança PE | FOTO: Divulgação
    img
  •        
  • MOC Dança PE | FOTO: Impacto Filme e Foto
    img
  •        

A Mostra Competitiva de Dança de Pernambuco está com inscrições abertas até o próximo dia 17. Já a premiação acontece no dia 25 de julho

Com as três primeiras edições realizadas presencialmente, a MOC Dança PE – Mostra Competitiva de Dança de Pernambuco – realiza sua quarta edição virtualmente, por causa da pandemia do novo coronavírus. Com realização da Lira Produções, contando com direção de Rodrigo Lira e assessoria geral de Jéssica Ferreira, as inscrições para o evento estão abertas até o próximo dia 17/07 (sexta-feira).

Para participar, os candidatos podem enviar vídeos já gravados anteriormente em palcos ou salas de dança, em boa qualidade. É possível ainda inscrever solos de dança, gravados em casa, durante a quarentena. Entre as categorias, a infantil (7 a 10 anos), juvenil (11 a 14 anos) e adulto (a partir dos 15 anos). Neste formato, podem concorrer solos de balé clássico de repertório, balé clássico livre, estilo livre (englobando as demais modalidades) e conjuntos de todas as modalidades de dança.

Além dessas categorias, a mostra traz uma novidade neste ano: a MOC Livre Baby, para crianças de 4 a 6 anos. A ideia é incentivar as crianças que estão em casa nesta pandemia ansiosas para mostrarem seus talentos. “O nosso objetivo é compartilhar as coreografias através da publicação dos vídeos e continuar incentivando o trabalho artístico das babys e de seus professores através de premiações especiais, sem o cunho de comparação, mas de valorização individual de cada trabalho”, explica o produtor da MOC, Rodrigo Lira. As categorias para babys, são: solos, duos, trios, conjuntos de balé clássico livre, jazz, dança contemporânea, dança popular, danças urbanas ou estilo livre.

Não haverá exibição pública dos vídeos inscritos, apenas avaliação interna dos jurados. Mas, no dia 25 de julho, através do perfil do Instagram da mostra (@mocdancape), acontecerá uma live com as premiações, às 18h30. As inscrições custam R$ 60 (solos) e R$ 100 (conjuntos) e podem ser realizadas através do no site da mostra.

A quarta edição da MOC Dança PE é realiza independentemente, sem apoio, mas tem parceria com festivais de dança de várias parte do país, como FENDAFOR, FAC, Festival Sete e Oito, CBDD Fortaleza e Paraíba, Ballance e Belém Dance.

WORKHOPS

A MOC traz ainda workshops de dança online. No sábado (25/07), às 11h, será realizado o workshop de baby class, com inscrição no valor de R$ 25. Já no domingo (26/07), acontecem os workshops de balé clássico, jazz e dança contemporânea, entre às 9h e 18h30. Custa a partir de R$ 30, por modalidade. Inscrições também no site da mostra.

JURADOS

  • Janne Ruth (Fortaleza), delegada do Conselho Brasileira de Dança de Fortaleza
  • Cid Netro (Fortaleza), bailarino e coreógrafo, eleito oito vezes seguidas um dos 15 melhores coreógrafos do Brasil
  • Adriana Assaf (São Paulo), uma das principais Maitre de Balé Clássico do Brasil, reconhecida e premiada internacionalmente.

Os jurados avaliarão a competência técnica e artística dos bailarinos, além de musicalidade, noção espacial e criatividade coreográfica.

PREMIAÇÃO

Os três melhores colocados de cada categoria ganharão prêmios em dinheiro de até R$ 400, cada. Além disso, terão isenções para inscrições em vários festivais de dança do Brasil e isenção de inscrição para participar dos workshops da MOC Online. No total, a MOC irá premiar mais de R$ 5 mil aos vencedores.




Postado por


COMPARTILHE:

Sobre o autor
Maíra Passos

    ÚLTIMOS POSTS:

    • Meia Ponta e Mundo Bailarinístico realizam workshop sobre conteúdo de balé e mídias sociais
      Meia Ponta e Mundo Bailarinístico realizam workshop sobre conteúdo de balé e mídias sociais
    • MOC Dança PE realiza quarta edição virtualmente
      MOC Dança PE realiza quarta edição virtualmente
    • Inspirações da bailarina do Theatro Municipal do Rio de Janeiro Liana Vasconcelos para produzir dança em casa
      Inspirações da bailarina do Theatro Municipal do Rio de Janeiro Liana Vasconcelos para produzir dança em casa

    Deixe um comentário

    Mensagem