Público é convidado para contribuir com criação de espetáculo
  • André Vitor Brandão | FOTO: Fernando Pereira
    img
  •        
  • André Vitor Brandão | FOTO: Fernando Pereira
    img
  •        
  • André Vitor Brandão | FOTO: Fernando Pereira
    img
  •        
  • André Vitor Brandão | FOTO: Fernando Pereira
    img
  •        

André Vitor Brandão está em processo criativo do seu primeiro solo, o Onde ele anda é outro céu 

O bailarino André Vitor Brandão está envolvido na criação do seu primeiro espetáculo solo, Onde ele anda é outro céu, que vai discutir sobre questões existencialistas do humano na sociedade contemporânea. Após uma pesquisa que já dura um ano e meio, ele realiza a primeira demonstração do trabalho, hoje (17), às 20h, no Teatro Dona Amélia, no Sesc de Petrolina (av. Fernando Góes, s/n, Centro de Petrolina). O público assistirá um trecho da coreografia e poderá contribuir com a criação durante um bate-papo após a apresentação, dizendo como a obra está sendo entendida.

A ideia de criação da coreografia partiu de outra linguagem, a literatura, após o contato do artista com a obra do escritor moçambicano Mia Couto, mais especificamente com seu conto O Homem Cadente. “A partir deste conto, desenvolvo questões relacionadas aos estados em que se encontram os sujeitos em nossa contemporaneidade, além de friccionar os limites entre sonho e realidade”, explica Brandão.

De acordo com André, esses encontros com o público antes da estreia, que deve acontecer em fevereiro de 2016, é de fundamental importância.“Empreendo no meu processo uma ideia de dramaturgia compartilhada, que vai sendo construída pela união de várias vozes, sendo elas: a minha, a do público e a do dramaturgista”, completa o bailarino.

A apresentação é aberta para todos os interessados e tem entrada franca. A produção do espetáculo pela Qualquer Um dos 2 Cia. de Dança conta com o incentivo do Governo do Estado de Pernambuco, através do edital Funcultura 2013/2014. Além das demonstrações de processo, o público também pode acompanhar a construção do espetáculo no blog do projeto.

Sobre André Vitor Brandão: possui graduação em Artes Visuais pela Universidade Federal do Vale do São Francisco e é Pós graduando em Dança Educacional e Artes Cênicas pelo Centro Sul Brasileiro de Pesquisa, Extensão e Pós Graduação (CENSUPEG). É bailarino da Cia de Dança do Sesc Petrolina e da Qualquer um dos 2 Companhia de Dança. Atualmente é instrutor de atividades artísticas do Serviço Social do Comércio-SESC em Petrolina atuando como coordenador das atividades de Artes Visuais e Cinema da Unidade. Tem experiência na área das Artes Cênicas, mais especificamente na linguagem da dança contemporânea e na área das Artes Visuais em curadoria, expografia, produção e montagem de exposições.




Postado por


COMPARTILHE:

Sobre o autor
Maíra Passos

    ÚLTIMOS POSTS:

    • Inspirações da bailarina do Theatro Municipal do Rio de Janeiro Liana Vasconcelos para produzir dança em casa
      Inspirações da bailarina do Theatro Municipal do Rio de Janeiro Liana Vasconcelos para produzir dança em casa
    • Cenas do Nordeste, online, traz espetáculos de dança e teatro
      Cenas do Nordeste, online, traz espetáculos de dança e teatro
    • Coreógrafo Ivaldo Mendonça se conecta com bailarinos durante a pandemia, através de fotografias
      Coreógrafo Ivaldo Mendonça se conecta com bailarinos durante a pandemia, através de fotografias

    Deixe um comentário

    Mensagem