Uma noite de balé clássico
  • Epílogo - Studio de Danças | FOTO: Divulgação
    img
  •        
  • Ensaio - Studio de Danças | FOTO: Divulgação
    img
  •        
  • Epílogo - Studio de Danças | FOTO: Divulgação
    img
  •        
  • Epílogo - Studio de Danças | FOTO: Divulgação
    img
  •        
  • Epílogo - Studio de Danças | FOTO: Divulgação
    img
  •        
  • Epílogo - Studio de Danças | FOTO: Divulgação
    img
  •        
  • Ensaio - Studio de Danças | FOTO: Divulgação
    img
  •        

Studio de Danças apresenta Paquita, Epílogo e Pedro e o Lobo nos próximos dias 19 e 20/12, no Teatro Luiz Mendonça 

Uma noite para celebrar o balé clássico. O Studio de Danças coloca em cena nos próximos dias 19 e 20, às 18h, no Teatro Luiz Mendonça (Parque Dona Lindu, Recife), o espetáculo Uma noite de ballet. Na programação, apresentações de Paquita, Epílogo e Pedro e o Lobo, que serão encenadas por bailarinos alunos da escola e o seu elenco profissional.

Entre as apresentações, Paquita, do grande coreógrafo Petipa. A história gira em torno de uma cigana espanhola chamada Paquita, e se passa durante a ocupação de Napoleão na Espanha. Encenado com regularidade a nível mundial a partir do momento em que foi apresentado pela primeira vez (pelo Ballet Imperial de Moscou) em 1846 até a década de 1920, hoje ele é revivido em grande estilo clássico, pelas companhias de ballet através do “Grand Pas Classique Paquita”. Na apresentação do Studio de Dança, serão 30 minutos, tendo figurino e confecção de Helena Pinto.

Pedro e o Lobo, é inspirado na fábula composta em 1936, uma das mais espirituosas criações do russo Sergei Prokofiev. Adaptada para o balé, a obra é narrada por meio da música, do teatro e da dança. Através dos seus movimentos coreográficos, “pequenas bailarinas” e jovens aprendizes de balé dançam a história de Pedro, um menino travesso e curioso que, com a ajuda de seus amigos da floresta, desafia as advertências de seu avô ao capturar um lobo perigoso, levando todos a viverem uma aventura emocionante. Com 35 minutos, as coreografias são de Jane Dickie, Alessandra Salamanka, Brenda Schettini, Lúcia Roberta Dumaresq e Viviany Luz, além de contar com figurinos e cenografia de Marcondes Lima e confecção de Etiene Rocha e Maria Lima. 

Outra apresentação da noite será Epílogo, de balé comtemporâneo, coreografado e dirigido por Luiz Roberto da Silva, especialmente para o Grupo de Ballet Studio de Danças. O termo epílogo significa conclusão. Indica a parte final de um discurso, no qual é feito um resumo final das ideias expostas. Nele estarão presentes todos os fatos que dão por encerrada a intriga. É a última cena, a última fala ou o último ato que dá por encerrada a ação. A duração é de 40 minutos e o figurino e confecção foi produzido por Xuruca Pacheco.

Os ingressos custam R$30 (inteira) e R$15 (meia), à venda na sede do Studio de Danças, na Rua das Pernambucanas, 65, Graças, e na bilheteria do Teatro Luiz Mendonça, no dia. Mais informações: (81) 3231.4884.

Ficha técnica:
Direção geral: Ruth Rozenbaum e Lúcia Helena Gondra
Direção artística: Jane Dickie
Iluminação: Martiniano Almeida
Sonoplastia: Jane Dickie e equipe do Teatro Luiz Mendonça
Confecção do cenário e contra-regra: Henrique Celibi




Postado por


COMPARTILHE:

Sobre o autor
Maíra Passos

    ÚLTIMOS POSTS:

    • Na Ponta do PÉ produz série sobre a dança pernambucana na pandemia
      Na Ponta do PÉ produz série sobre a dança pernambucana na pandemia
    • Cia. de Teatro e Dança Pós-Contemporânea  d’Improvizzo Gang estreia o filme “Café”
      Cia. de Teatro e Dança Pós-Contemporânea d’Improvizzo Gang estreia o filme “Café”
    • Projeto Corpoesia traz série de videodanças inspirada na obra do poeta França de Olinda
      Projeto Corpoesia traz série de videodanças inspirada na obra do poeta França de Olinda

    Deixe um comentário

    Mensagem