Bailarina pernambucana é selecionada para companhia em São Paulo
  • Thainá Sousa | FOTO: Cinthia Mendes
    img
  •        
  • Thainá Sousa | FOTO: André Ferreira
    img
  •        
  • Thainá Sousa | FOTO: Cinthia Mendes
    img
  •        

Thainá Sousa conquistou uma oportunidade no programa de formação profissional na Raça Cia. de Dança, conhecida como a casa do jazz no Brasil

A bailarina Thainá Sousa, de 22 anos, natural de Recife, Pernambuco, foi selecionada para um programa de formação profissional na Raça Cia. de Dança, em São Paulo, uma das companhias mais premiadas do Brasil. Referência na modalidade Jazz Dance, a companhia se consolidou com a casa do jazz no Brasil.

Além de bailarina, Thainá Sousa é hoje professora de balé e estudante de teatro. A trajetória de Thainá na dança começou já com 10 anos de idade, no colégio onde estudava com a professora Jéssica Ferreira. Aos 14 anos, após ter dado uma pausa de dois anos no balé clássico, procurou a mesma professora no Studio de Dança Jéssica Ferreira e falou do interesse de voltar às aulas. “Alguns anos após a minha volta ela me levou para fazer um curso de férias com Cláudia São Bento, no Ballet Cláudia São Bento, onde ganhei uma bolsa para estudar e tive oportunidade de fazer a formação do clássico com Metodologia Cubana”, conta Thainá.

Nos anos seguintes, Thainá se tornou professora de balé clássico para crianças em ambas as escolas. Com o passar dos anos de estudo, também foi introduzida na grade de horário outras modalidades de dança como a dança contemporânea, posteriormente vindo um convite para integrar o elenco de “Em Comum”, espetáculo em comemoração aos 30 anos da Cia. dos Homens, sob direção de Cláudia São Bento. No ano seguinte, Thainá teve a oportunidade de utilizar uma bolsa para estudar jazz na Lalu Academia de Artes com a professora Natália Brito, além de teatro musical também.

“Meu sonho de engrenar na carreira como bailarina sempre foi muito grande e ao longo desse tempo sempre procurei me aprimorar fazendo cursos e participando de festivais. Em janeiro de 2020, viajei para fazer um curso de férias em São Paulo, na maior escola de Jazz do Brasil, a Raça Cia de Dança, na qual participei de uma audição para bolsas de estudo e ganhei uma que possibilita minha entrada no programa profissional que eles oferecem. Por essa causa, tomei a decisão de me mudar para São Paulo, dar continuidade aos meus estudos e engrenar minha carreira profissionalmente”, relata Thainá.

VAQUINHA

As aulas já começam nesse mês de fevereiro. Para ajudar nos custos da mudança e se manter em São Paulo, a bailarina lançou uma campanha de financiamento coletivo através da Vakinha Online.




Postado por


COMPARTILHE:

Sobre o autor
Fabiana Almeida

    ÚLTIMOS POSTS:

    • Inspirações da bailarina do Theatro Municipal do Rio de Janeiro Liana Vasconcelos para produzir dança em casa
      Inspirações da bailarina do Theatro Municipal do Rio de Janeiro Liana Vasconcelos para produzir dança em casa
    • Cenas do Nordeste, online, traz espetáculos de dança e teatro
      Cenas do Nordeste, online, traz espetáculos de dança e teatro
    • Coreógrafo Ivaldo Mendonça se conecta com bailarinos durante a pandemia, através de fotografias
      Coreógrafo Ivaldo Mendonça se conecta com bailarinos durante a pandemia, através de fotografias

    Deixe um comentário

    Mensagem